Últimas

Dois opositores são enforcados por crime de guerra em Bangladesh

Foto: AFP STR  (Foto: AFP STR)
Foto: AFP STR

Dois dirigentes da oposição em Bangladesh foram executados na forca nas primeiras horas de domingo (horário local, sábado pelo horário de Brasília) por crimes de guerra cometidos durante a guerra de independência em 1971, informou o ministro da Justiça. “Ambos foram enforcados. A execução aconteceu às 00H45” (18H45 GMT de sábado), disse o ministro, Anisul Huq, à AFP.

Horas antes, o presidente Abdul Hamid negou dois pedidos de indulto apresentados pelos condenados, Ali Ahsan Mohammad Mujahid e Salahuddin Quader Chowdhury.

Mujahid, de 67 anos, foi declarado culpado pelo assassinato de intelectuais durante o conflito que levou Bangladesh à independência do Paquistão. Ele era o número dois do Jamaa-e-Islami, principal partido islamita.

Chowdhury, de 66 anos, foi sentenciado por crimes cometidos no conflito de 1971. Ex-deputado, foi u, colaborador próximo a Jaleda Zia, líder do Partido Nacionalista de Bangladesh, principal força opositora.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *