Últimas

Enfrentar o Aedes aegypti é a nova arma de combate à microcefalia

Plano foi divulgado em encontro com o ministro da Saúde nesta terça. Foto: PCR/Divulgação
Plano foi divulgado em encontro com o ministro da Saúde nesta terça. Foto: PCR/Divulgação

Um Plano de Enfrentamento ao Aedes aegypti é a nova arma da gestão pública para tentar conter o avanço dos casos de microcefalia no Recife. Em reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Castro, na noite desta terça-feira, o prefeito Geraldo Julio apresentou o documento no intuito de intensificar o combate ao mosquito associado à proliferação da condição neurológica. Também foi solicitado recurso na ordem de R$ 30 milhões para a condução do planejamento.Somente em Pernambuco, as notificações já contabilizam 487 casos com 175 confirmações. No Recife, foram notificados 97 casos e, até esta terça, nenhum havia sido confirmado.

O Plano prevê a contratação temporária de 300 novos agentes de saúde ambiental e controle de endemias (Asaces), aumento de 50% nas equipes, e do equipamento necessário para que eles atuem, como fardamento, veículos e insumos. Também está prevista a intensificação das campanhas de conscientização sobre a prevenção à proliferação do Aedes aegypti.

Na reunião desta terça, em Brasília, participaram o secretário nacional de Vigilância em Saúde, Antônio Nardi, o diretor Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis , Cláudio Maierovitch, o secretário executivo de Saúde, José Agenor e o secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia, além do senador Fernando Bezerra Coelho. Ainda nesta terça, o Ministério da Saúde atualizou os números do surto de casos de microcefalia que já chegaram a 739 casos notificados no Brasil.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *