Últimas

Facebook diz que dará aos criadores de vídeos uma parcela das receitas

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Mark Zuckerberg disse ontem que a plataforma da sua rede social está atingindo o singelo número de 8 bilhões de visualizações de vídeos por dia, o dobro do número que havíamos sido informados em abril. Ele disse que mais de 500 milhões de usuários estão assistindo esses vídeos.

Apesar dessa quantidade enorme de visualizações, algumas críticas já foram feitas em relação aos critérios do Facebook para contabilizar seus acessos de vídeos. Por exemplo, o criador do YouTube Hank Green disse que enquanto o Facebook considera em sua contagem qualquer visualização de 3 segundos, o YouTube conta apenas as visualizações de 30 segundos ou mais.

Mas o CEO do Facebook não parece se importar muito com isso, e disse que ao longo dos próximos anos, os conteúdos de vídeo on-line serão os mais acessados e consumidos, e ele espera continuar a inovar nesse segmento para que a rede social tenha a chance de “construir o melhor lugar para assistir e compartilhar vídeos”.

Para o Facebook, o vídeo tornou-se um tipo de mídia essencial. A empresa tem feito o possível para figuras públicas transmitirem ao vivo, e para os criadores de de vídeos interativos de 360 graus fazerem upload para a plataforma, além da confirmação de que está testando um lugar dedicado no Facebook para assistir a vídeos.

Por essas razões, a rede social está decidida a fornecer um local para aprimorar a exibição de vídeos, e para isso quer favorecer também seus parceiros criadores de conteúdos. As pessoas estão assistindo cada vez mais vídeos e a empresa tem a intenção de obter os melhores materiais que puder, mesmo se tiver que pagar. Isso significa que Zuckerberg provavelmente quer enfrentar plataformas como o YouTube, e manter os fãs de vídeos em sua rede social.

“Há uma certa categoria de conteúdo que só virá para o Facebook se houver uma boa maneira de compensar os proprietários de conteúdo por isso”, disse Zuckerberg quando perguntado como manter parceiros de mídia satisfeitos, uma vez que os uploads não autorizados são uma grande preocupação recentemente expressada. O Facebook afirma que recentemente lançou o modelo de negócio para isso. “Nós vamos dar uma parcela da receita em uma porção das vistas para os proprietários de conteúdo”.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *