Últimas

Facebook é mais uma empresa a defender o fim das senhas

Pode perguntar para qualquer especialista em segurança: senhas são um método defasado de segurança. Agora uma nova voz se junta aos pedidos para um novo padrão de autenticação. Alex Stamos, chefe global de segurança do Facebook, é mais um dos ativistas pelos fins da senha. Ele defende que elas se tornem “uma coisa do passado”.

Em apresentação, Stamos diz que as senhas como conhecemos hoje surgiram dos múltiplos usuários em computadores mainframe dos anos 1970, mas elas não fazem mais sentido em 2015.

Contudo, como toda a indústria de tecnologia ainda quebra a cabeça para definir um padrão novo para segurança, Stamos não finge ter as respostas. Ele aponta que o grande problema é que na área de segurança não há a flexibilidade para experimentar novos métodos que permitam às pessoas falharem para saber o que funciona ou não. “Precisamos ser mais abertos para permitir que as pessoas avancem e testem novas opções e cometam erros sem que isso se torne um escândalo massivo”, ele diz.

Por enquanto, uma das possibilidades mais próximas da realidade é a biometria. Cada vez mais smartphones, tablets e laptops já contam com um leitor de impressões digitais e da íris ou tecnologia de reconhecimento facial que podem ser um novo começo para a autenticação.

Também há identificação em dois fatores, nos quais um outro dispositivo é usado para verificar que uma pessoa é quem ela diz que é, por meio de um código recebido no celular, por exemplo. Este método não elimina totalmente as senhas, mas já diminui sua importância. O Yahoo, no entanto, já chegou a implantar um acesso livre de senhas em seu serviço de e-mail.

Via Business Insider 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *