Falta de confiança não é no Brasil, mas sim no governo, diz presidente da Fiesp

Anfitrião dos participantes do seminário “Uma Agenda Positiva para o Brasil – Aprendendo com práticas internacionais”, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, afirmou que o Brasil passa por uma crise, mas que a falta de confiança não é no País em si, mas sim no governo. Segundo ele, a recuperação da economia passa por uma solução da crise política.

Ele reforçou seu discurso contra o aumento de imposto, dizendo que o governo precisa cortar gastos, combater a corrupção e buscar maior eficiência. “É papel do Congresso impedir a aprovação de aumento de impostos”, afirmou Skaf, cobrando nominalmente alguns deputados presentes no evento.

Segundo o presidente da Fiesp, o governo já arrecada muito e diz que não pode cortar gastos. “O governo fala em gastos obrigatórios como se fosse ordem de Deus. É só mudar a lei. Para criar a CPMF também precisa mudar a lei”, argumentou.

Filiado ao PMDB e ex-candidato ao governo de São Paulo, ele ressaltou que o governo tem de ser um servidor e não um peso para a sociedade. Apesar da crise atual, ele disse acreditar que o Brasil tem plenas condições de sair da crise e que todos desejam que o atual momento de “transição” seja o mais breve possível.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *