Últimas
galvão

Filho explica por que Galvão Bueno anda mais ‘solto’ na TV e redes sociais

Galvão Bueno já está em reta final de carreira, mas não é por isso que o narrador não poderia seguir em evolução e renovando sua identidade. Isso aconteceu, e se nota em duas áreas. Quando está no ar, o veterano dos microfones tem sido mais livre para emitir suas opiniões e até criticar abertamente situações que o incomodam – o que aconteceu, por exemplo, em um “editorial” contra a CBF. Por outro lado, um Galvão mais leve, brincalhão e “bon vivant” surgiu de sua aparição no Instagram, vencendo sua aversão pela tecnologia e se rendendo aos novos tempos.

b2

Quem vê isso do outro lado das câmeras é Cacá Bueno, o filho piloto, campeão da Stock Car, do narrador. Mais acostumado com o Galvão que ninguém vê, ele tem suas explicações para a atual fase do jornalista. Considera que, como narrador e apresentador, ele pouco mudou, apenas ganhou espaço. E como personalidade da internet, deixou os preconceitos de lado para abraçar a modernidade.

“Não sinto que ele mudou tanto. Eu sinto que ele estava muito preso a relatar a emoção de um momento específico. Dentro disso, é muito difícil emitir opinião, quando você está só relatando. E ele estava preso a isso, numa corrida de F-1, ou numa partida de futebol. Quando começou a ganhar espaço para transmitir suas próprias opiniões, ele passou por aquele momento das pessoas que olham e “se ele faz sucesso eu não gosto”. Isso não o incomodou, e as pessoas se acostumaram. Quem gosta escuta, quem não gosta, não escuta e ele foi ganhando espaço”, disse Cacá, ao blog.

“No ‘Bem, Amigos!’ ele tem um espaço em que ele não precisa só estar comentando futebol, ele pode emitir uma opinião. As pessoas deram mais espaço para emitir suas opiniões e escutar. Se acham legal, bacana; se não acham, tudo bem, também. Parou um pouco daquele negócio de ser só idolatria, ou crítica. As coisas ficaram mais leves, e ele está curtindo o momento. Ele gosta de trabalhar, não quer parar, e está gostando de poder falar as coisas que ele pensa”, acrescentou o filho.

No meio do ano, Galvão presenteou os fãs com sua entrada no Instagram. Desde então, posta imagens ligadas ao seu trabalho, exibe viagens, aparecendo tomando vinho, relembra imagens do passado e já apareceu até sem camisa – praticamente quebrando a internet, como era de se esperar.

b3

Likes e haters no Instagram

É claro que, em se falando de internet, o espaço para o ódio também é mais amplo. Então, logo ao entrar no Instagram, o recado é dado: “Bem, amigos! Esse é meu Perfil Oficial. Aos ‘haters’ um recado: quer reclamar, faça com educação. Xingamentos e grosserias eu deleto, ok?”

Curiosamente, Cacá Bueno conta que é até surpreendente a entrada de Galvão nas redes sociais.

“Ele teve que aprender isso também. Ele era um cara que nem queria fazer parte de Face e Insta. Para ligar um laptop, já era um evento. Lógico, como com todo mundo, a tecnologia está no dia a dia com celular, laptop, email, rede social. Ele está envolto por isso, mas ele sempre foi de entrar um momento depois. Sempre teve um “não, não vou fazer parte disso”, nunca foi fã dessas tecnologias, mas se rendeu, como todos nós, e hoje acho que ele curte um pouco. Ele não curtia nada, agora acho que curte. Em família ele ainda critica um pouco, mas acho que é só pra não dar o braço a torcer.”

O Galvão do Instagram, para o filho, é a imagem mais real do narrador. “Hoje se vê um Galvão que não se via. Ele era contra fazer perfis nas redes sociais, porque tem muita gente que acha que só porque está atrás do computador pode falar qualquer asneira, inventar qualquer coisa. Então, ele tinha um pé atrás com isso. Depois, aprendeu mais a lidar, tem postado fotos interessantes, engraçadas, mostrando o dia a dia dele, que é de um cara que gosta de curtir a vida, que gosta de viajar. As pessoas têm visto isso e achado bacana. Para mim tem sido até surpreendente a relação do público com como ele vem se comportando nas redes sociais e tem sido superpositivo”, concluiu Cacá.

Fonte – UOL

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *