Últimas
geovane

Foragido da Justiça usa nome falso para ser atendido na UE e é preso

Geovane Silva de Lima é suspeito de participar de um assalto à fábrica de queijo em Craíbas, em outubro deste ano

 

Policiais civis que prenderam um dos suspeitos de assaltar a fábrica de queijo Laticínio São José, no Sítio Riacho da Onça, em Craíbas, no Agreste alagoano, em outubro passado. As imagens de segurança do local do assalto auxiliaram o trabalho de investigação da polícia, mas um dos suspeitos no mesmo crime ainda está foragido. Ferido, Geovane Silva de Lima usou identidade falsa para ser atendido na Unidade de Emergência, em Arapiraca.

De acordo com a polícia, dois homens portando armas de fogo chegaram ao estabelecimento numa moto Honda Bros Preta, sem placa, fazendo cinco pessoas reféns. Foram roubados quatro celulares, uma aliança de ouro e a quantia de R$ 800,00 em dinheiro, pertencentes aos funcionários do estabelecimento.

Geovane Silva teria se ferido durante a fuga, razão pela qual deu entrada na Unidade de Emergência do Agreste usando documento falso, segundo a polícia. Com a foto do paciente suspeito, os policiais apresentaram a imagem do mesmo às vítimas e testemunhas, que o reconheceram como um dos acusados no assalto. Geovane Silva de Lima usou a certidão de nascimento do irmão, Paulo Henrique, alegando ter sido vítima de roubo na cidade de Major Izidoro.

Ainda segundo a polícia, Geovane também responde por latrocínio em Estrela de Alagoas, tentativa de homicídio contra um policial em Major Isidoro, e porte ilegal de arma de fogo. Também chegou a escapar de delegacia em Minador do Negrão, chegando a quebrar a tornozeleira eletrônica que utilizava quando no regime semiaberto.

 

Gazetaweb

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *