Últimas

Galaxy A7 (2015) é certificado com tela FHD, Snapdragon 617 e mais RAM

Da Redação do site Tudocelular.com.br

A novíssima geração do Galaxy A7 acaba de ganhar uma importante certificação em território asiático, aumentando as chances da Samsung apresentá-lo oficialmente em breve ao público, acabando com o mistério atual que circunda os integrantes da família Galaxy A. Um documento emitido pelo TENAA, órgão regulador chinês que atua com funções similares às da ANATEL, não só comprova a existência do mais novo dispositivo portátil intermediário da companhia sul-coreana, mas também oferece imagens ‘reais’ do modelo, além de suas possíveis especificações técnicas. De fato, a organização que trabalha no país da China é uma das fontes mais concretas de informações sobre produtos que ainda não foram lançados no mercado de telefonia móvel.

Olhando as imagens acima, percebe-se que, embora o Galaxy A7 de segunda geração tenha recebido mudanças em seu visual, o DNA da Samsung permanece intacto, sendo possível identificar, à distância, que se trata de um aparelho feito por ela. Ainda assim, dando continuidade ao padrão de aspectos físicos utilizado pela empresa asiática em seus smartphones, a novidade misteriosa parece ter recebido forte influência da linha atual de flagships desenvolvidos pela gigante da Coreia do Sul, e isto torna-se nítido quando a lateral e a parte traseira do celular são comparadas ao Galaxy S6, por exemplo, incluindo o painel posterior feito em uma parte só, provavelmente em vidro, e o frame que usa o metal para proteger a estrutura. De resto, acompanhe abaixo a lista preliminar completa de especificações técnicas do gadget:

  • Tela Super AMOLED de 5,5 polegadas, usando a resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) para a exibição de conteúdo
  • 3 GB de RAM
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 617
  • Processador de quatro núcleos, rodando a 1,5 GHz cada
  • Adreno 405 como placa gráfica
  • 16 GB de memória para o armazenamento interno, podendo ser expandida via cartão microSD de até 128 GB
  • Câmera principal de 13 megapixels
  • Câmera frontal de 5 megapixel
  • Suporte às redes 4G LTE (categoria 4, com suporte a altas velocidades de upload e download)
  • Conetividade NFC, Wi-Fi, Bluetooth e GPS
  • Espessura de 6,95 milímetros
  • Peso de 155 gramas
  • Bateria de 2.600 (ou mais) mAh
  • Android 5.1.1 Lollipop como sistema operacional, modificado pela interface própria da Samsung, TouchWiz (provavelmente atualizável para Marshmallow)

Nota-se que, mesmo sendo categorizado como um intermediário, o Galaxy A7 de segunda geração conta com notáveis 3 GB de RAM, contra ‘somente’ 2 GB em seu antecessor. Além disso, Samsung parece estar planejando usar leitores de impressão digital até mesmo em seus produtos mais baratos, portanto há chances do modelo mediano chegar às prateleiras de varejistas com o sensor biométrico, localizado na parte frontal de sua estrutura, tomando forma de um botão home, que também leva o usuário à tela inicial da interface. Apesar do smartphone ter passado no TENAA com o chipset Qualcomm Snapdragon 617, há chances de uma variante ser lançada com o Exynos 7580. Aguardaremos por mais detalhes acerca do assunto, relembrando que nada ainda é oficial, pois a companhia sul-coreana ainda não divulgou as informações completas.

(atualizado em 25 de novembro de 2015, às 06:48)

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *