Últimas

Google estreia sistema de recarga inédito para a Play Store no Brasil

Da Redação do site Tudocelular.com.br

De acordo com último relatório lançado pela empresa de consultoria App Annie, o Brasil é o segundo maior mercado consumidor de conteúdo no Android. Isso significa que nós estamos atrás apenas dos americanos quando se refere a quantidade de downloads feitos na Play Store. Mesmo com a dificuldade para muitos comprarem aplicativos e jogos na loja devido a exigência de cartão de crédito internacional, Google tentou amenizar o problema com o lançamento dos vale-presentes que são encontrados em mais de 3 mil estabelecimentos pelo país.

Agora, a companhia acaba de inaugurar um sistema de recarga inédito por aqui, que lembra bastante o sistema de recarga de créditos de celular que encontramos em supermercados, bancas de revistas, padarias, etc. “O sistema é o mesmo adotado para a compra de créditos em celulares pré-pagos”, explica Cristiano Andrade, Gerente de parcerias de varejo, responsável por coordenar a implantação. “Estamos usando inclusive a mesma nomenclatura da recarga, para facilitar o entendimento”.

A tecnologia é a mesma usada pelas duas maiores distribuidoras de recarga: Tendência e RV Tecnologia. Isso permite que a nova modalidade de créditos da Play Store chegue a todas os municípios brasileiros que contem com mais de 10 mil habitantes. De acordo com a Google, nestas regiões haverá pelo menos um ponto de recarga disponível. A novidade foi implementada na semana passada, mas apenas agora Google está anunciando a novidade que estará disponível para 70% da população brasileira.

Neste momento, Google informa que mais de 250 mil estabelecimentos já contam com a possibilidade de realizar recargas de crédito para a Play Store, mas a mesma espera que ainda este ano o número suba para 300 mil. Neste grupo estão bancas de jornais, lotéricas, farmácias, supermercados e lojas do varejo – praticamente locais onde você poderia realizar uma recarga telefônica.

E as opções de recarga? Os valores são os mesmos que encontramos nos vale-presentes que vão de R$ 30 a até R$ 100. No entanto, Google também estreou um novo valor de R$ 15 para aqueles que querem comprar um ou dois apps ou apenas testar a novidade. “Nos testes que fizemos no centro de São Paulo e no ABC, e também durante essa primeira semana de disponibilidade em todo o país, 15 reais foi o valor de maior saída na primeira recarga. Depois, nas recargas seguintes, já tendo experimentado a Google Play, os valores aumentam”, comenta o executivo.

Como funciona a recarga da Play Store?

De acordo com a Anatel, 75,6% dos celulares do mercado são pré-pagos. Para a Google, investir em um sistema de recarga para a Play Store nos mesmos moldes dos créditos de operadoras é uma jogada certa para o mercado brasileiro. Para o consumidor, basta procurar por estabelecimentos que apresentem o adesivo visto na imagem no início da matéria. Após escolhido o valor de recarga, o sistema irá gerar um recebido com um código PIN de 20 dígitos. A partir daí é só entrar na Play Store e ir na aba Resgatar Código e digitar os números do recibo – processo idêntico ao dos cartões vale-presente.

Estes créditos servem para o consumo de qualquer conteúdo dentro da loja da empresa, como a compra de apps e jogos, assim como alugar filmes ou comprar revistas e livros. Ele também pode ser usado para pagar a mensalidade do Google Play Music que custa R$ 14,90 no Brasil.

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *