Governador assegura moradias e saneamento em Piaçabuçu

Renan Filho também ouviu demandas de estudantes da Escola Estadual Correia Titara, que apresentaram pleitos de melhorias para a unidade de ensino

 

Acabou a distância entre o governo e o cidadão. Acabou o governo surdo”. As palavras do governador Renan Filho resumiram a solenidade de assinatura do termo de compromisso de conclusão de 170 casas no município de Piaçabuçu, nesta sexta-feira, 27. Lá, o governador dialogou francamente com alunos da Escola Estadual Correia Titara, que apresentaram pleitos de melhorias para a cidade ribeirinha.

 

Graciele Silva, 16, e Jackson Ferreira, 17, deram voz às reivindicações pela melhoria da qualidade da água na região e reforma na escola estadual que eles frequentam. Prontamente, Renan Filho reuniu todos e conversou abertamente com eles.

 

“Vamos fazer aquilo o que as pessoas priorizam. Meu papel é descobrir o que o povo precisa e ajudar a resolver. Assim, vamos investir para fazer Alagoas avançar e melhorar a vida das pessoas”, salientou Renan Filho.

obre os questionamentos levantados, os estudantes foram informados que um estudo específico para Piaçabuçu está sendo finalizado pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) para, definitivamente, acabar com o problema da água na cidade. Sobre as condições da escola, o governador lembrou que o programa Escola da Hora disponibilizou R$ 5,5 milhões para reformar as unidades escolares. Entretanto, a verba é entregue as diretoras escolares para promoverem os ajustes.

 

Esgotamento e casas

 

São R$ 15.944.480,34 em investimentos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paraíba (Codevasf) e a Secretaria de Estado da Infraestrutura para instalar o esgotamento sanitário em Piaçabuçu.

A obra vai levar melhor infraestrutura de tratamento do esgoto local, visando à melhoria da saúde pública, como também vai auxiliar na preservação do meio ambiente da região, sobretudo, da principal fonte de renda do município, o turismo e a pesca – cidade é o maior produtor de camarão marítimo do país.

 

Renan Filho recordou que esteve no município para a assinatura da ordem de serviço há dois meses. A obra evoluiu 20% e, desta vez, ele volta para fiscalizar sua execução para que ela seja executada no tempo certo e consiga, de uma vez por todas, permitir que os municípios ribeirinhos gastem menos com saúde pública.

 

Todas as intervenções do Estado no município vão diretamente melhorar a vida de pessoas como a dona Elânia Silva Abreu, contemplada com uma das 170 moradias, inseridas no termo de compromisso de conclusão das unidades. R$ 1,5 milhão garantem a finalização dos imóveis. Mãe de dois filhos, dona Elânia Abreu e seu marido moram de favor há 16 anos e, agora, sente-se aliviada e realizada com o alcance de um sonho.

 

“É uma sensação indescritível. É como ganhar na Mega Sena. É muita oração, muita prece e agora sei que vai sair a minha casa tão sonhada”, concluiu, emocionada, dona Elânia Abreu.

 

Por Agência Alagoas

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *