Últimas

Marinha mexicana resgata quatro pescadores que ficaram à deriva por um mês

A marinha mexicana anunciou ter resgatado na costa de Chiapas, no sudeste do país, quatro pescadores do Equador e da Colômbia que afirmaram ter passado um mês à deriva no mar.

O resgate aconteceu no sábado (31), a 260 quilômetros a sudoeste do porto de Chiapas. Na noite anterior, um avião de patrulha avistou “uma pequena embarcação à deriva com quatro pessoas a bordo, que agitavam os braços pedindo ajuda”, explicou a marinha mexicana em comunicado.

O navio de patrulha oceânica partiu em seguida para resgatar o barco e os seus ocupantes, dois equatorianos – de 26 e 42 anos – e dois colombianos – de 28 e 34 anos. “Os náufragos contaram que deixaram o porto de Esmeraldas, no Equador, no dia 24 de setembro, e que se perderam em alto mar quando estavam pescando”, informou a nota.

O barco ficou à deriva desde 1º de outubro, quando tentava voltar ao porto no Equador e o combustível da embarcação acabou, indo parar em águas mexicanas. Os pescadores receberam cuidados médicos, água e comida, estando em estado de “desidratação, após 30 dias em alto mar”. Os quatro homens foram transferidos para o Instituto Nacional da Migração, em Tachapula, no estado de Chiapas.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *