Últimas

Mesmo sem chances de G4, Sport joga bem, bate Corinthians e se despede da torcida em 2015

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

Matheus Ferraz comemora gol do Sport com meia-atacante Marlone na Arena Pernambuco

Saiba mais

Nem por um minuto sequer parecia que o Sport havia entrado em campo com as chance de classificação à Libertadores zeradas. Nem parecia que, do outro lado, estava a equipe sensação do Campeonato Brasileiro, campeã por antecipação. O Leão dominou o Corinthians do início ao fim da partida da tarde deste domingo, na Arena Pernambuco. Foi impecável. Fez por onde merecer carimbar a faixa de campeão da equipe paulista. Construiu com méritos a vitória por 2 a 0, que coroa a melhor campanha da equipe desde que a Série A passou a ser disputada por pontos corridos, em 2003.

Os gols do êxito rubro-negro foram marcados pelo zagueiro Matheus Ferraz e André, ainda no primeiro tempo. Poderia ter sido mais, não fosse a enxurrada de gols desperdiçadas pelo Leão ao longo do jogo. O Sport encerra a sua participação no Brasileiro no próximo domingo, quando enfrentará a Ponte Preta, em Campinas. Rithely, Marlone e Wendel receberam terceiro cartão amarelo e estão suspensos.

O jogo
O Sport fez um primeiro tempo impecável. Dominou as ações da partida desde os primeiros minutos. É certo que o Corinthians veio para o Recife com um time misto, com ausências de peças importantes – casos de Cássio, Elias e Renato Augusto, por exemplo. Não tira o mérito rubro-negro sobre o time recentemente campeão brasileiro. O Leão tomou a iniciativa do jogo e fez por onde merecer a vantagem no placar ao fim dos 48 minutos iniciais.

Logo aos 6, Rithely, o melhor jogador da partida, desarmou o adversário no campo de ataque. Passou para André, que serviu Diego Souza. O meia por pouco não abriu o placar. Seguro defensivamente, em nenhum sofreu riscos. Pelo lado do Sport, muita velocidade, troca de passes e pressão. O gol já estava maduro, quando Matheus Ferraz testou para as redes aos 23 minutos. Após jogada ensaiada na cobrança de escanteio, Marlone cobrou curto, Renê cruzou da intermediária e três rubro-negros saíram livres na cara de Walter. Em posição regular, Matheus Ferraz fez o gol.

Segundo tempo
O Leão seguiu superior no segundo tempo. Mesmo apesar de ter diminuído o ritmo, o time manteve o protagonismo do jogo. Aos 8, a zaga paulista fez uma falha linha de impedimento e Durval, sozinho, testou fraco nas mãos do goleiro. Aos 11, um lance inacreditável. Elber fez grande jogada pela direita, bateu cruzado e André, que entrou fechando no segundo pau perdeu o gol debaixo da barra.

Nem parecia que o Sport já estava sem chances de G4. O time seguiu a mil em busca do segundo gol. Aos 22, Elber fez lindo lançamento para André, que ajeitou de cabeça para Marlone mandar um plástico chute na trave. O Leão ainda perderia grande chance aos 36. Neto Moura lançou Maikon Leite. O atacante tinha André ao lado, mas bateu fraco e Walter pegou com tranquilidade. Superior até o fim, os rubro-negros foram coroados com um gol de André, aos 45 minutos, um minuto após Danilo Fernandes salvar o Sport em testada de Danilo. Renê deu belo passe por cobertura para Marlone. O meia bateu cruzado e André mandou para as redes para comemoração geral da massa rubro-negra.

Ficha do jogo

Sport 2
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely (Ronaldo), Wendel (Neto Moura), Diego Souza, Marlone e Elber (Maikon Leite); André. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Corinthians 0
Walter; Fagner, Edu Dracena, Gil e Uendel; Cristian (Lincom), Bruno Henrique, Rodriguinho (Malcom), Jádson e Romero; Vagner Love (Danilo). Técnico: Tite.

Estádio: Arena Pernambuco, no Recife.
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-FIFA).
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC-FIFA) e Bruno Boschilia (PR-FIFA).
Gols: Matheus Ferraz (23’ do 1ºT) e André (45’ do 2ºT) (SPT).
Cartões amarelos: Diego Souza, Marlone, Rithely, Wendel, Ronaldo (SPT); Jádson, Rodriguinho (COR)
Público: 19.048
Renda: R$ 836.300,00

Fotos: Sport recebe o Corinthians na Arena Pernambuco




  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra
  • Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

    Equipes duelam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Partida é o último jogo do Leão no ano diante da torcida rubro-negra

Não existe uma descrição para essa imagem ou galleria

 
Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *