Últimas

Morre, aos 94 anos, ex-presidente israelense Yitzhak Navon

(Arquivo) O ex-presidente de Israel Yitzhak Navon (D), em Marselha. Crédito: Boris Horvat/AFP/Arquivos
(Arquivo) O ex-presidente de Israel Yitzhak Navon (D), em Marselha. Crédito: Boris Horvat/AFP/Arquivos

Yitzhak Navon, quinto presidente de Israel, além de professor e autor de teatro, morreu aos 94 anos de idade – informou sua família neste sábado.

O comunicado da família informou que Navon faleceu na casa onde morava, nesta sexta-feira, em Jerusalém – cidade onde nasceu, em 1921.

Seu pai descendia de uma família de “exilados da Espanha que chegaram a Jerusalém vindos da Turquia em 1670”. Por parte da família materna, os ancestrais vinham do Marrocos, presentes em Jerusalém desde o século XIX, segundo a presidência israelense.

Navon entrou para a vida pública após a criação do estado de Israel e a posterior guerra em 1948. Dirigiu o departamento de cultura do ministério da Educação e depois foi para o parlamento, onde permaneceu entre 1968 e 1978, como membro do Partido Trabalhista Israelense.

Em 1978 foi eleito presidente, cargo que ocupou até 1983. Voltou ao parlamento durante outros nove anos e foi ministro da Educação.

Navon também escreveu contos e canções, muitas delas para “preservar o legado cultural dos sefarditas” segundo a presidência.

Chegou até a compor uma obra de teatro musical, “O Jardim Sefardita” que continua sendo montada mais de 40 anos após sua estreia.

O atual presidente israelense, Reuven Rivlin, prestou homenagem “a um presidente oriundo do povo”, enquanto o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu manifestou sua admiração por “sua vasta educação”.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *