Morre o oficial que anunciou sem querer a queda do Muro de Berlim

Günter Schabowski durante a coletiva de imprensa em que anunciou que vistos seriam dados a quem quisesse ir para o exterior, em 9 de novembro de 1989. © DPA/AFP/Arquivos DPA
Günter Schabowski durante a coletiva de imprensa em que anunciou que vistos seriam dados a quem quisesse ir para o exterior, em 9 de novembro de 1989. © DPA/AFP/Arquivos DPA

Berlim (AFP) – O oficial da Alemanha Oriental que, sem querer, anunciou a queda do Muro de Berlim em 1989, Günter Schabowski, morreu neste domingo, aos 86 anos, informou a imprensa. O ex-porta-voz do comitê central do Partido Socialista Unificado da Alemanha, que dirigia então a RDA, morreu dias antes do aniversário de 26 anos da abertura da fronteira entre as duas partes de Berlim.

Em 9 de novembro de 1989, o secretário-geral do Partido, Egon Krenz, informou aos dirigentes do regime que havia sido adotada uma nova legislação sobre as viagens dos alemães do Leste, depois de meses de protestos em massa e um êxodo crescente para o Oeste, via a Hungria. Às 18H00 local, Schabowski apresentou ante a imprensa internacional as últimas decisões do regime, mas sem mencionar a abertura das fronteiras. Em resposta a uma pergunta, o porta-voz lê um documento que anuncia que os vistos para viajar ou imigrar para o exterior seriam entregues “sem condições prévias”.

“A partir de quando?”, perguntou um jornalista. Schabowski hesita e depois improvisa: “Pelo que sei… em seguida, imediatamente”. Os jornalistas saem correndo da sala para divulgar a informação: “Os alemãs orientais podem viajar para o exterior a partir de agora”.

Uma multidão começa a se reunir ante o posto de fronteira de Bornholmer Strasse, que conectava Berlim Oriental com Berlim Ocidental. Mas os guadas, confusos, não sabem se devem deixá-los passar ou não. Às 22h42, a televisão pública do ocidente anuncia: “Este 9 de novembro é um dia histórico. As portas do Muro estão abertas de par em par”. A multidão se lança para Berlim Ocidental. Alemães dos dois lados, eufóricos, comemoraram com abraços.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *