Últimas

Nada de Redmi Note 2 Pro: Xiaomi deve apresentar Redmi Note 3 amanhã

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Boatos sempre oferecer caminhos corretos, mas, geralmente, os detalhes podem fazer uma grande diferença quando os produtos são finalmente lançados no mercado de telefonia móvel. Os rumores circulando a Xiaomi neste último mês apontavam para o lançamento do Redmi Note 2 Pro no próximo evento especial da companhia chinesa, mas o modelo deve ser introduzido publicamente com outro nome. De acordo com um novo teaser, supostamente, publicado pela empresa asiática, há a confirmação de que o produto chegará a seus níveis comerciais como Redmi Note 3, avançando ainda mais o nível da vitrine de celulares da fabricante oriental. A imagem deixa bem claro o que esperar dela para amanhã, 24 de novembro:

Mostrando a data e o local da cerimônia no rodapé, 24 de novembro, como mencionado anteriormente, Redmi Note 3 fica bem explícito na parte central da imagem. Anteriormente, acreditava-se que o smartphone seria chamado de Redmi Note 2 Pro, pois, além das mudanças no conjunto de configurações internas não fazerem tanta diferença assim, levou-se em consideração a proximidade de estreia do Redmi Note 2, sucessor do produto que deve dar as caras amanhã. Ainda assim, como as especulações e os vazamentos apontaram as mesmas características, estima-se que as peças citadas anteriormente sejam mantidas pela terceira geração do phablet focado em baixo-custo, feito pela Xiaomi.

Sendo assim, em termos técnicos, prevê-se que a empresa asiática utilize uma lista interessante em seu novíssimo intermediário, incluindo uma tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), 4 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 820, trazendo processador com quatro núcleos feitos em arquitetura própria da fabricante estadunidense, além da Adreno 530 como placa gráfica, modelos de 16 GB ou 32 GB de memória para o armazenamento interno, câmera principal de 16 megapixels, câmera frontal de 8 megapixels, suporte ao conector universal USB Type-C e o Android 5.1.1 Lollipop como sistema operacional, modificado pela interface própria da gigante da Ásia, MIUI, provavelmente com atualização garantida para o 6.0 Marshmallow.

Caso os boatos estejam corretos, em adição ao conjunto interno mostrado acima, cada unidade do Redmi Note 3 deve custar cerca de US$ 172, ou R$, usando a cotação atual do dólar como base de conversão, desconsiderando os impostos cobrados no Brasil. Naturalmente, apenas a Xiaomi é capaz de oficiais todas essas informações, o que ela ainda não fez, portanto seria sensato aguardar até amanhã, 24 de novembro, para confirmar, ou desdizer, tudo o que foi mencionado acerca do futuro phablet da companhia chinesa. Até lá, lembre que os detalhes veiculados pela mídia são boatos, e apenas isso.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *