Últimas

No silêncio das arquibancadas, Sport recebe o Atlético-PR visando manter vivo o sonho do G4

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press

“Temos que pensar no Atlético e temos que ganhar”, afirmou o técnico do Sport, Falcão

Saiba mais

Está além das forças do Sport. A derrota na última rodada para o Cruzeiro fez o time ficar mais longe do G4, maior objetivo do clube na temporada. Restando três rodadas para o fim da Série A, o Leão está a quatro pontos do São Paulo. Precisará vencer todos os jogos que restam e torcer por tropeços estratégicos. O pior: terá que iniciar a sequência sem o apoio da torcida. O Sport recebe o Atlético-PR, às 18h30 deste domingo (horário do Recife), com a Ilha do Retiro de portões fechados em virtude de uma punição imposta pelo STJD.

Em meio ao silêncio das arquibancadas e a incerteza dos outros resultados, os rubro-negros prometem foco em fazer a sua parte para manter viva a esperança em ir à Libertadores. “O que podemos fazer é ganhar nossos jogos. Temos que procurar encontrar fazer aquilo que podemos controlar, que é nosso time e buscando as vitórias”, afirmou o técnico Falcão.

Quando o entrar em campo, o jogo entre o campeão Corinthians e o São Paulo, principal adversário do Leão pelo G4, já terá terminado. O time entrará em campo sabendo se poderá voltar a encostar no rival. Nada que vá alterar a concentração do elenco, garante o técnico. “Temos que pensar no Atlético e temos que ganhar. Após a rodada, voltamos a fazer contas. O que está ao nosso alcance é a vitória, o restante não tem como controlar”, pontuou Falcão.

Silêncio

O Sport terá as arquibancadas fechadas pela punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva em razão de uma briga da facção Torcida Jovem, no dia 2 de setembro, em Curitiba, no jogo entre Coritiba x Sport. Apesar da ausência do apoio da torcida, os rubro-negros garantiram que levarão o apoio em pensamento.

“O jogador tem que estar focado na partida. E não temos que pensar que não vai ter torcida, pois sabendo que eles vão estar de longe assistindo e apoiando a gente”, disse o atacante Hernane Brocador. Na última vez que o Leão jogou de portões fechados, venceu o CSA por 3 a 0, pela semifinal do Nordestão 2014.

Sem o artilheiro

O Sport terá um único, mas importante desfalque para o jogo deste domingo. O artilheiro do time, André, está suspenso. Hernane Brocador será o substituto. “Também sei das minhas qualidades, ajudei o Sport quando fui acionado e vou procurar dar o meu máximo para ajudar a equipe do Sport contra o Atlético-PR”, afirmou o atacante. O lateral-direito Samuel Xavier, e o meia-atacante Elber, que não jogaram contra o Cruzeiro, estão de volta à equipe. Wendel, recuperando-se de uma fratura no nariz é dúvida. Caso não jogue, Ronaldo será o substituto.

Adversário

O Atlético-PR faz parte daquele grupo de equipes que já não almeja mais nada na Série A. Nem tem chances de chegar ao G4 e tampouco qualquer possibilidade de cair. Ocupa a 12ª posição, no meio da tabela. O técnico Cristóvão Borges tem o elenco inteiro à disposição para enfrentar o Leão, com o zagueiro Christian Vilches, que volta de suspensão. O destaque do time paranaense é o atacante pernambucano Walter, torcedor declarado do Sport.

FICHA TÉCNICA

SPORT
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Marlone, Diego Souza e Elber; Hernane Brocador. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

ATLÉTICO-PR

Weverton; Eduardo, Vilches, Cleberson (Kadu), Roberto (Ewandro); Otávio, Barrientos, Sidcley, Marcos Guilherme, Nikão; Walter. Técnico: Cristóvão Borges.

Estádio: Ilha do Retiro, no Recife. Horário: 18h30 (horário do Recife). Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO). Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Márcio Soares Maciel (GO). Ingressos: Portões fechados à torcida.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *