Últimas

Novo celular com duas telas da YotaPhone chegará em 2016 por US$ 550

Da Redação do site Tudocelular.com.br

YotaPhone 3 tem data de lançamento prevista para o próximo ano, custando cerca de US$ 550 em seu estágio inicial de vendas, assemelhando-se à época primária de suas duas gerações anteriores. Os detalhes da futura linha de smartphones foram revelados pela Bloomberg, obtendo informações em primeira mão sobre o futuro da companhia fundada na Rússia, que já recebeu o impulso de Vladmir Putin, o atual presidente da região, chegando até a presentear o líder da China com uma unidade do YotaPhone 2. A fama da empresa sediada em território da euro-ásia cresceu internacionalmente, pois seus produtos prometem a inovação ao contar com duas telas distintas, uma colorida, de uso comum, e outra monocromática.

A produção da terceira geração do smartphone com um par de displays estará, reportadamente, em cargo da YotaPhone e da ZTE, que formaram, recentemente, uma parceria para que a fabricação da novidade ocorra sem imprevistos, unindo seus poderios industriais a fim de garantir a produção em massa nivelada com a demanda, além de assegurar aos consumidores a qualidade necessária à venda pública, utilizando o SailFish OS como sistema operacional padrão. Ainda assim, outras empresas sediadas na China devem entrar em sociedade com a organização russa, promovendo um giro comercial aceitável, levando em conta a juventude da criadora do smartphone com a interessante dupla de visores. Ainda assim, o preço parece ser uma dificuldade a ser enfrentada.

Não conhecida por uma lista poderosa de especificações técnicas, os modelos criados pela YotaPhone chegaram ao mercado de telefonia móvel por um valor considerado elevado, já que os componentes internos não acompanhavam os flagships das respectivas épocas. A explicação da etiqueta com o alto número dá-se pela presença de duas telas distintas, encarecendo o tanto o custo de produção por peça quanto pela manufatura, explicando que colocar um par de displays é mais caro do que encaixar apenas uma. Desta forma, traduzindo ao nosso contexto, a quantia sugerida de US$ 550 vira R$, usando a cotação atual do dólar como base de conversão e ignorando os impostos existentes no Brasil.

Cerca de 65% do todo da YotaPhone foi adquirido por um grupo de investimentos em Hong Kong, após a iniciativa privada da companhia russa nos Estados Unidos da América ter falhado em razão da possível espionagem entre os governos, portanto uma quantidade superior de dinheiro está entrando como investimento, resultando em grandes expectativas em relação ao futuro YotaPhone 3. Naturalmente, o poder financeiro não garante que haverá uma estreia global, então não tenha esperanças de vê-lo por aqui nas próximas temporadas, apenas se optar por importar um exemplar da novidade quando a mesma for lançada, arcando com os tributos brasileiros e o frete para a entrega.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *