Últimas

Novo livro da série Diário de um Banana tem avô aprendendo a paquerar

A saga foi pensada pelo escritor Jeff Kinney, que  foi criando esboços e histórias ao longo dos anos. Foto: Divulgação
A saga foi pensada pelo escritor Jeff Kinney, que foi criando esboços e histórias ao longo dos anos. Foto: Divulgação

No décimo livro da série Diário de um Banana, que já vendeu mais 150 milhões de exemplares no mundo todo, Greg terá que se adaptar a algumas novidades. Além de ficar sem seus apararelhos eletrônicos, o personagem terá que conviver com seu avô, já que o aluguel do condomínio para idosos onde o velhinho morava subiu demais e ele precisou de uma ajuda. Entre um quadrinho e outro, intercalados por anotações que o garoto faz em seu diário, Greg tem que superar desafios como ensinar seu avô a paquerar na internet ou acobertar um ladrão de balas de goma. Resta saber se ele vai sobreviver.

A série

A saga foi pensada pelo escritor Jeff Kinney, que  foi criando esboços e histórias ao longo dos anos até que juntou todas as histórias num só caderno. O resultado foi um caderno de 1300 páginas que foi posto online no site Funbrain.com em 2004. 

Um ano depois, a editora New York Times decidiu publicar o Diário de um Banana e foi assim que Greg Heffley passou de um caderno de esboços para um livro best-seller internacional traduzido em 28 línguas e com milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Os primeiros 3 livros foram escritos com material do livro publicado online.

O livro conta a história de um garoto (Greg) que no seu dia-a-dia tem que lidar com os seus irmãos Rodrick e Manny, os seus pais Frank e Susan, e a escola. E além disso, o enredo gira em torno dos pensamentos de adolescente de tornar-se famoso e popular.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *