Últimas

Número de posts tirados do Facebook pela Justiça brasileira cresce 133%

No Brasil, a quantidade de material bloqueado no Facebook devido a restrições da legislação local cresceu 133% entre os seis primeiros meses de 2014 e 2015. Mas, embora a oscilação assuste, o número real é pequeno, ainda mais quando comparado ao de outros países, pois se no primeiro semestre de 2014 houve apenas três ocasiões em que a rede social foi forçada a restringir o acesso a algo no Brasil, neste ano a quantidade saltou para sete.

A vasta maioria dos países onde o Facebook atua não forçou o site a realizar qualquer tipo de censura no primeiro semestre de 2015, segundo dados divulgados pela companhia. Isso inclui os Estados Unidos, cujo governo foi o que mais pediu informações sobre usuários no período.

Entretanto, há países onde os dados impressionam. Na Índia, o Facebook teve de sumir com 15,1 mil peças de conteúdo, seja foto, texto ou vídeo; e na Turquia foram 4,4 mil censuras. Também se destacam França (295) e Alemanha (188).

Em geral, o Facebook diz que a quantidade de material restrito devido a legislações locais subiu 112% entre 2014 e 2015, saltando de 9,7 mil a 20,5 mil – ou seja, o Brasil está acima da média global.

O número de solicitações dos governos por dados dos usuários cresceu 18%, de 35 mil a 41,2 mil. Os campeões, como dito acima, foram os americanos, onde ocorreram 26,5 mil requisições envolvendo 17,5 mil usuários e contas. O segundo colocado foi a Índia, com 6,2 mil e 5,1 mil, respectivamente. O governo brasileiro solicitou informações 1.954 vezes, impactando 1.265 usuários ou contas, sendo que em 39,94% dos casos alguma informação foi fornecida.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *