Últimas

OCDE projeta que seus 34 países-membros terão crescimento médio de 2% em 2015

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) afirmou hoje que a queda nos preços do petróleo e do desemprego vai impulsionar o crescimento nos 34 países que formam o grupo, ajudando a compensar o impacto da desaceleração em economias emergentes.

Em relatório semestral de projeções econômicas, a OCDE previu que os EUA vão continuar entre os países com melhor desempenho na organização, com crescimento de 2,4% neste ano, de 2,5% em 2016 e de 2,4% em 2017.

Já a zona do euro deverá ter performance inferior à dos EUA, com expansão de 1,5% em 2015, de 1,8% no próximo ano e de 1,9% em 2017, estima a OCDE.

“Na Europa, os formuladores de política devem dar continuidade à recuperação em andamento iniciada pelo (Banco Central Europeu) para criar dinamismo econômico duradouro”, afirmou a economista-chefe da OCDE, Catherine Mann, no relatório. “Um sistema financeiro fragmentado, com empréstimos inadimplentes e altos níveis de endividamento das famílias e empresas não financeiras, inibe novos empréstimos e reduz a eficácia do relaxamento monetário”.

Para toda a OCDE, a entidade prevê crescimento médio de 2% este ano, de 2,2% em 2016 e de 2,3% em 2017.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *