OneDrive deixará de ser ilimitado

     

Serviço OneDrive da Microsoft tem seu espaço limitado dependendo dos planos que os usuários possuem.

Na madrugada do dia 3 de novembro foi anunciada pela empresa Microsoft uma alteração na prestação do serviço OneDrive, a qual não será muito bem-vinda por parte de seus usuários.

Foram tomadas algumas medidas que passarão a valer a partir de janeiro do próximo ano. A notícia tão temida é que o serviço OneDrive da Microsoft deixou de ser ilimitado. A ferramenta que anteriormente disponibilizava um armazenamento ilimitado passa agora a delimitar a quantidade de espaço para os usuários.

O motivo pelo qual essa mudança ocorreu, segundo a gigante do Vale do Silício, é que um certo número de usuários abusavam dessa liberdade, armazenando assim uma grande coletânea de filmes, séries, fotos e backups completos dos mais variados computadores. Incluindo até alguns casos onde usuários possuíam contas que ultrapassavam os 75 TB (TeraBytes) de dados armazenados em seus servidores.

Com a nova mudança os usuários do Office365 (planos: Pessoal, Home e Universitário) terão a partir de agora o total de 1 TB à disposição para armazenamento. Os assinantes que tiverem guardado no momento um volume de dados maior que o citado, serão avisados e terão a oportunidade de deixá-los na nuvem por mais 12 meses.

A empresa também cortou os planos de armazenamento de 100 GB (Gigabytes) e 200 GB para os usuários novos. Tais pacotes foram modificados pela única alternativa de 50GB que serão comercializados pelo valor de US$ 2. Os antigos usuários não terão seus planos alterados, já que a mudança tem valia apenas para os novos usuários.

Não é de se estranhar essa mudança, já que esta não é a primeira vez que a empresa faz alterações como esta. O mesmo ocorreu quando o serviço ainda era conhecido pelo nome de SkyDrive, onde o mesmo foi reduzido em 2012 de 25 GB para 7 GB.  

Por Felipe da Silva

OneDrive

Fonte: Notebook Online – www.notebookonline.org

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *