Últimas

Oppo A53 é homologado no TENAA com corpo metálico e hardware intermediário

Da Redação do site Tudocelular.com.br

A Oppo tem chamado a atenção com diversos dispositivos interessantes nos últimos tempos, conseguindo vender um numero razoável de smartphones ao redor do mundo. Agora, um novo modelo intermediário da fabricante chinesa foi homologado no TENAA, órgão da China similar à nossa ANATEL, revelando que não demorará até que ela anuncie mais um produto para este nicho tão competitivo.

O dispositivo foi certificado sob o nome de A53, possuindo design semelhante ao que temos em outros modelos da Oppo lançados até o momento. O destaque fica por conta de sua estrutura metálica e laterais bastante curvadas, algo que tem se tornado cada vez mais tendência entre as fabricantes chinesas, principalmente em dispositivos intermediários que precisam competir com opções lançadas por companhias de maior renome.

Em termos de especificações técnicas, temos basicamente o mesmo visto em outros modelos lançados para este nicho, incluindo características que devem ser mais do que suficientes para grande parte dos usuários, porém que não chegam ao que se teria em um smartphone topo de linha. Segundo o que foi revelado, o A53 conta com:

  • Tela de 5,5 polegadas com resolução HD (720 x 1280 pixels)
  • Chipset Octa-Core com clock máximo em 1,5GHz (provavelmente fabricado pela MediaTek)
  • 2GB de RAM
  • 16GB de armazenamento interno, expansível via cartão microSD
  • Câmera principal de 13MP
  • Câmera frontal de 5MP
  • 4G LTE
  • Android 5.1.1 Lollipop

Ainda não há qualquer informação sobre qual será o nome utilizado na comercialização do novo produto ou quando de fato ele chegará ao mercado, porém geralmente é preciso esperarmos apenas algumas semanas após a homologação no TENAA para que um dispositivo se torne oficial.

Como sempre destacamos nestes casos, é pouco provável que vejamos o novo smartphone da Oppo em solo brasileiro de maneira oficial, restando apenas aguardarmos que a companhia o anuncie oficialmente para que vejamos quanto será cobrado por ele em mercados internacionais.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *