Últimas

Para seguir sonhando com Libertadores, Sport precisa voltar a vencer fora de casa

Hesiodo Goes esp. para o DP/D.A Press
Desde que Falcão assumiu o Sport, são quatro jogos como mandante, três vitórias e um empate

Saiba mais

O Sport planejou fazer uma Série A em 2015 bem melhor do que 2014. Manteve a base do ano anterior, reforçou a equipe com nomes de peso e se manteve na área de classificação à Libertadores por um bom tempo. No segundo turno começou a apenas dois pontos de voltar à competição internacional. Após passar por altos em baixos no returno, o Leão segue vivo e está a quatro pontos do G4. Porém, para conseguir pensar em voltar à competição que não joga desde 2009, o fantasma dos jogos fora de casa precisará ser superado.

Em 17 jogos, o Sport só venceu uma partida longe de casa. Foi contra o Palmeiras na rodada retrasada, algo que fez em 2014, quando conquistou sua única vitória fora de Pernambuco na Série A. O resultado criou a expectativa que a boa fase seria mantida diante do São Paulo no último sábado, mas a nova derrota fez com que o Leão não possa pensar em outros tropeços longe da Ilha do Retiro caso queira pensar mais alto. 

Com duelos contra Cruzeiro e Ponte Preta fora de casa, o Sport terá que quebrar alguns tabus nestas partidas. O Leão não vence a Raposa desde 1978, em Belo Horizonte e contra a Macaca a situação é ainda pior. A equipe rubro-negra nunca venceu em Campinas e a partida da 38ª rodada pode ser crucial para ainda tentar entrar no G4.

Força em casa

Restando cinco jogos para o fim do campeonato, o Sport terá que se valer da boa fase dentro de casa. Desde que Falcão assumiu o time rubro-negro, são quatro jogos como mandante, três vitórias e um empate. O único tropeço foi na Copa Sul-Americana, um fator que motiva ainda mais os leoninos. Além disso, dos três adversários em casa, apenas o Grêmio, visitante do próximo domingo, é quem realmente deve dar trabalho ao Leão, já que os gaúchos ainda buscam garantir a vaga na zona de classificação à Libertadores. O Atlético-PR não aspira mais nada na competição e o Corinthians chegará ao Recife como campeão. 

Os tabus a serem quebrados*

 

37 

Anos que não vence o Cruzeiro em Minas Gerais. Última vitória foi no dia 26 de março de 1978

Vitórias contra a Ponte Preta em Campinas.

Contra o Cruzeiro

12 jogos

10 derrotas

1 empate

1 vitória 

Contra a Ponte Preta

9 jogos

6 derrotas

3 empates

0 vitória

*Todos em campeonatos brasileiros.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *