Últimas

Pesquisadores criam primeira rosa biônica do mundo

Pesquisadores da Universidade de Linköping, na Suécia, desenvolveram uma maneira de construir um circuito elétrico inteiro dentro de uma rosa. A primeira rosa biônica é resultado de uma combinação de eletrônica orgânica com a biologia vegetal e tem como objetivo estudar a eletricidade natural produzida pelas plantas.

A equipe revela que trabalha no projeto há 10 anos e escolheu a roseira porque ela possui todos os elementos de uma árvore: casca, folhas, pecíolos e um sistema radicular diferenciado, mas são compactas, além de serem resistentes e fáceis de encontrar.

Reprodução

Os primeiros testes envenenaram as plantas ou interromperam o transporte de água dentro delas. Dessa vez, eles optaram por usar uma variante de um polímero orgânico que possui boa condutividade elétrica quando hidratado, chamado PEDOT-S: H. Os circuitos e sensores se desenvolveram dentro da rede de vasos em que flui a seiva da rosa, de maneira que não danificassem o crescimento da rosa e garantindo que a energia fosse transmitida.

Aplicações

Por enquanto, os pesquisadores só conseguiram usar os fios condutores gerados pela planta para acender íons em suas folhas, mas é possível que no futuro o trabalho se desenvolva para outras áreas.”Agora podemos realmente começar a falar sobre a capacidade de colocar sensores em plantas e usar a energia formada na clorofila, produzir antenas verdes, ou novos materiais.Tudo ocorrendo naturalmente, usando os sistemas muito avançados das próprias plantas”, explica Magnus Berggren, líder do projeto.

Via Motherboard

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *