Últimas

Pyro Mini é uma pulseira de US$ 147 que dispara bolas de fogo

Se nem o Apple Watch, nem o Android Wear agradam, que tal ter uma peça um pouco mais útil enfeitando seu pulso? Como, por exemplo, uma pulseira que dispara bolas de fogo. Sim, este dispositivo existe. Criado pela loja para mágicos Ellusionist, o Pyro Mini é a solução dos problemas de quem sempre quis soltar um Hadouken na vida real.

Se você acha que está lendo uma notícia antiga, a impressão é justificável. O primeiro Pyro foi lançado em 2014, como uma criação do ilusionista Adam Wilber. O Pyro Mini é a nova versão menor, mais discreta e melhorada daquele dispositivo que só foi revelada nesta terça-feira, 17 de novembro de 2015.

Uma das vantagens do Mini para o Pyro original é o fato de que ele não depende mais de pilhas AAA para funcionar. No lugar, há uma bateria interna, recarregável por meio de uma entrada micro-USB como os celulares comuns.
[embedded content]O dispositivo permite disparo de bolas de fogo à distância por meio de uma antena e um controle remoto com alcance de até 9 metros, mas também possibilita as tradicionais bolas de fogo que saem direto do punho do usuário. O Pyro Mini, diferente do anterior, tem o modo burst, que realiza até dois disparos em sequência rapidamente. O aparelho traz dois espaços que podem ser preenchidos com um tipo de algodão e papel inflamável que são disparados.

lém de ser basicamente melhor do que a versão anterior em tudo, o Pyro Mini também é mais barato. O site oficial da Ellusionist vende o dispositivo por US$ 147, enquanto a pulseira antiga custava US$ 174.

O aparelhinho é voltado para outros ilusionistas, e não para o uso do público comum, embora não haja nada que impeça que uma pessoa comum adquira o produto. A empresa responsável alerta que o Pyro Mini não é um brinquedo, mas um dispositivo profissional. Não é uma boa ideia comprá-lo como presente de Natal para os filhos, irmãos mais novos, sobrinhos ou primos, portanto.

Via Engadget e Ellusionist 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *