Qualcomm anuncia oficialmente o chipset Snapdragon 820

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Qualcomm realizou hoje (10) um evento em Nova York para anunciar o tão aguardado lançamento do Snapdragon 820. A empresa tem a grande missão de ofuscar o fiasco envolvendo o lançamento do seu último chipset topo de linha, o Snapdragon 810. Enquanto o anterior foi altamente criticado por sofrer de problema grave de aquecimento, este novo é anunciado como a solução perfeita para smartphones, pois traz uma arquitetura nova e um gerenciamento térmico otimizado para impedir que o problema da geração passada seja herdado pela nova.

Arquitetura Kyro abandona solução octa-core

Qualcomm sempre apostou em uma arquitetura própria baseada em cima dos processadores da ARM. Com o Snapdragon 810, a companhia resolveu se aventurar pela implementação big.LITTLE, usada pela Samsung, e que permite mesclar núcleos potentes (como os Cortex-A57) em conjunto com núcleos mais econômicos (com os Cortex-A53). Com o Snapdragon 820, a empresa voltar atrás e traz uma solução própria, chamada desta vez de Kyro. Assim, esqueça os oito núcleos de antes, aqui temos apenas um chipset quad-core.

A novidade chega com fabricação a 14nm FinFET pela Samsung e com velocidade de operação de 2,2 GHz. Assim, com quatro núcleos a menos e um processo de produção mais refinado, a Qualcomm alega que a novidade oferece o dobro de desempenho e eficiência energética comparado ao seu antecessor. Além disso, a empresa ampliou a intercomunicação entre todos os componentes eletrônicos do chipset (GPU, DSP, ISP, baseband, entre outros) para oferecer um maior desempenho com menor consumo e ampliar a computação paralela que permitirá o novo Snapdragon ser usado em vários setores, como o automotivo e de realidade virtual.

Focando também na redução do consumo, a arquitetura Kyro conta com o gerenciamento de sistema chamado Symphony que irá distribuir as tarefas para cada componente. Assim, a CPU não ficará ocupada tendo que avaliar todos os processos em execução para saber o que deve ser encaminhado para a GPU ou para o processador de imagens da câmera, por exemplo. Permitindo manter o processador principal desocupado grande parte do tempo, a Qualcomm promete que você terá o melhor desempenho possível, além de manter a CPU em modo de espera reduzindo o seu consumo.

GPU Adreno 530 promete ganho gráfico de 40%

Qualcomm inaugurou a sua linha Adreno 500 com os Snapdragon 620 e 618. Com o Snapdragon 820 a empresa traz a nova Adreno 530 que tem força para empurrar qualquer conteúdo 3D mesmo em uma tela Ultra HD – algo que já está se tornando realidade em smartphones, como vemos o Xperia Z5 Premium. Essa nova GPU promete um ganho de 40% comparada à Adreno 430 do Snapdragon 810.

E a parte de imagem não fica a cargo apenas da GPU do chipset. Qualcomm também revelou o Spectra, que nada mais é que o novo ISP da companhia. Ele conta com duplo processador de imagens paralelo, o que permite que você possa tirar fotos e gravar vídeos ao mesmo tempo mesmo em resolução extremamente altas. Claro que vai depender de cada fabricante usar esta tecnologia nos sensores de câmera usados em futuros smartphones. Mas o Qualcomm Spectra já chega com suporte a imagens em 14 bits, o que permite uma maior gama de cores disponíveis e um tom mais realista e cor natural de pele.

Nem tudo se resume apenas a qualidade de imagem, mas a empresa também trouxe um chipset capaz de obter fotos de forma mais rápida. O ISP do Snapdragon 820 permite o uso de foco híbrido automático, o que usa uma implementação em hardware (quando disponível pela fabricante) em conjunto com um algoritmo que analisa a imagem em tempo real e determina o momento certo de gravar o elemento em foco. A empresa também disponibilizou o uso de estabilizadores eletrônicos que podem trabalhar juntos com o OIS de câmera para produzir vídeos bem mais estáveis, mesmo nas piores situações de gravação.

Conectividade de ponta com modem LTE X12

Além de trazer uma CPU quad-core potente e uma GPU capaz de lidar com elementos 3D na resolução Ultra HD, Qualcomm também investiu em um modem de ponta. Aqui, vemos o X12 trazer um baseband de categoria 12, sendo superior ao modem LTE de categoria 10 do Snapdragon 810. A novidade permite navegar além de 600 Mbps em redes móveis, com taxa de upload de 150 Mbps – sendo três vezes mais rápido que a solução usada no SoC lançado no começo deste ano.

Ainda não há operadoras pelo mundo oferecendo uma conexão de internet tão rápida quanto o modem do Snapdragon 820 pode chegar. Mas isso deixa claro que o novo chipset está preparado para o futuro. Além disso, Qualcomm alega que o padrão LTE-U adotado permite um melhor sinal mesmo em lugares fechados e com vários dispositivos próprios navegando na mesma rede, como em aeroportos. A empresa vem trabalhando desde 2013 nesta implementação e permite usar pequenas células para espaços interiores e congestionados, usando frequências e conectividade sem precedentes, sem compromisso mesmo em áreas difíceis.

Enquanto o novo padrão Wi-Fi 802.11ad ainda não foi certificado a ponto para uso em dispositivos móveis, a Qualcomm trouxe um novo modem com suporte à tecnologia MU-MIMO dentro do padrão 802.11ac com o uso de duas antenas para captar um melhor sinal e transferir dados de forma mais rápida em redes domésticas. Isso permite que você possa fazer streaming de conteúdo em Ultra HD do seu smartphone para sua TV via Wi-Fi e sem nenhum problema de atraso no sincronismo. Além disso, a empresa não deixou de fora o suporte à tecnologia VoLTE, que permite realizar chamadas em redes Wi-Fi e LTE com qualidade de voz HD.

Quick Charge 3.0 recarrega sua bateria ainda mais rápido

Não há como negar que a tecnologia usada atualmente em baterias atingiu o seu nível de saturação. Assim, é complicado vermos avanços consideráveis neste cenário. A solução adotada pelas fabricantes está na busca de reduzir o consumo dos componentes usados em smartphones. O que permite que sua bateria possa passar mais tempo longe da tomada. Com o Quick Charge, Qualcomm vem acelerando o tempo de carregamento. Mesmo que seu celular não passe mais de um dia longe da tomada, pelo menos ele não terá que ficar várias horas grudado na parede.

A terceira geração da tecnologia chega para os novos lançamentos da companhia: Snapdragon 820, Snapdragon 620, Snapdragon 618, Snapdragon 617 e Snapdragon 430. De acordo com o que foi anunciado pela empresa durante o evento, esta nova versão é duas vezes mais rápida que a primeira geração, o que garante que seu smartphone pode ter metade da bateria recarregada em menos de meia-hora. Comparado à geração anterior, há um ganho de notáveis 38% na velocidade de recarga.

Houve um aumento de 200 mV e uma variedade de fluxos de energia entre 3.6V e 20V. O sistema é compatível com versões anteriores, o que significa que poderá ser usado por todos os conectores USB micro comuns, mas também USB Tipo-A e Tipo-C. Este último vem sendo bem comum nos recentes lançamentos, mas apresentava limitações com a segunda geração do Quick Charge, o que fazia seu celular demorar mais tempo para recarregar se você usasse este tipo de cabo. Agora, a empresa corta todas as limitações e promete o melhor proveito da tecnologia independentemente do tipo de conector USB usado por cada fabricante.

Novo módulo DSP Hexagon 680 mostra grandes avanços

O Apple A9 conta com coprocessador M9 que cuida de administrar os sensores do iPhone. Esse é o propósito do novo módulo da Qualcomm. Ele cuidará de regular o uso do giroscópio, acelerômetro, GPS, bússola, entre outros em seu smartphone. Assim, ele será útil para desligar o que não estiver em uso quando você não precisar de um determinado recurso, como o acelerômetro (quando o seu celular está parado sobre a mesa, por exemplo). Ele traz uma maior precisão para o uso de vários recursos do celular, ampliando a funcionalidade de vários serviços.

E o Hexagon 680 não ficará a cargo de apenas controlar os sensores do seu futuro smartphone. Qualcomm informou que ele também trabalha em conjunto com o ISP da câmera, para analisar e regular as condições de brilho para que você tenha as melhores imagens e vídeos possíveis. Assim, podemos esperar fotos noturnas mais claras mesmo sem o uso de flash, sem falar de fotos em ambientes completamente iluminados sem ter pontos estourados por excesso de luminosidade.

Smart Protect manterá seu celular protegido

A tecnologia Smart Protect fará parte de uma solução que complementará a base de assinatura de serviços anti-malware, identificando novas ameaças em tempo mais ágil, mesmo que o antivírus ainda não tenha conhecimento daquela ameaça. Ele permite monitorar todos os aplicativos e serviços rodando em segundo plano em seu celular para garantir que nada suspeito seja executado sem a autorização ou conhecimento de cada usuário.

Qualcomm também irá lançar uma nova API para que apps de terceiros tirem proveito da tecnologia, permitindo uma maior integração entre hardware e software – o que entregará um sistema mais seguro como um todo. Como algumas empresas de segurança estão trabalhando em conjunto com a Qualcomm para que a novidade tenha maior impacto na mudança como o combate a pragas virtuais será tratado futuramente. Entre as mais famosas temos Avast,AVG e Lookout que está desenvolvendo atualização de suas ferramentas para tirar melhor proveito da nova API da empresa.

Quando veremos a novidade no mercado? Qualcomm já está enviando o novo SoC para empresas parcerias. Assim, nas próximas semanas veremos anúncios de várias fabricantes sobre o lançamento de novos smartphones com Snapdragon 820.

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *