Qualcomm explica como as novas tecnologias do Snapdragon garantem fotos melhores

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Qualcomm defende que tirar fotos à noite com a câmera do smartphone pode ser um desafio. Você pode pensar que basta apenas ligar o flash, mas a luz acaba tendo um alcance limitado, o que pode não expor demais objetos em primeiro plano. E fotografar sem flash vem com seus próprios obstáculos. Encontrar o pouco de luz que está disponível, mantendo o telefone absolutamente imóvel, e tirando o máximo de fotos para escolher a que ficou com o melhor resultado.

As fabricantes sabem que este cenário ainda tem espaço para muitas melhorias. Com os recentes lançamentos vimos smartphones melhorarem muito nesta área. O LG G4 e OnePlus 2 têm aberturas maiores, enquanto o Nexus 5X e Nexus 6P aumentam o tamanho dos seus pixels (1.55um), onde todos estão em busca de absorver mais luz e permitindo fotos mais claras e nítidas com pouca iluminação. Todos os modelos citados têm algo em comum: chipset Snapdragon da Qualcomm. Com isso, a empresa anuncia que está trabalhando em novidades para os seus produtos que prometem que os novos smartphones terão ótimo desempenho em ambientes com pouca luz.

Atualmente, quando você precisa tirar uma foto em ambiente com pouca luz, os pixels do sensor da câmera vão tentar amplificar sua sensibilidade à luz, mas há um custo para isso. Em um amplificador de áudio, por exemplo, quanto mais você aumenta o volume para além dos seus limites, maior será a degradação da qualidade. Da mesma forma, quando a sensibilidade do pixel é aumentada para tentar coletar mais luz, surgem uma maior quantidade de partículas que fazem as fotos ficarem com aspecto granulado.

[embedded content]

O vídeo acima mostra como os novos processadores Snapdragon da Qualcomm prometem melhorar a qualidade de imagens. Em primeiro lugar, um processador de sinal de imagem (ISP) é a chave para garantir a redução de ruído sendo executada tão rapidamente quanto possível. Também foram introduzidas tecnologias como a Redução de Ruído Wavelet (WNR) e Redução de Ruído Temporal (TNR) para identificar e limpar as áreas ruidosas das fotos, usando algoritmos de última geração e um processador duplo de imagem. E com o recurso Local Tone Mapping (LTM) para iluminar áreas onde eles precisam, sem comprometer a exposição e os detalhes das fotos.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *