Últimas

Quase 30 mil candidatos disputam vagas no IFPE

Estudantes do último ano do ensino médio do Ginásio Pernambucano, Leonardo Santos e Marcos Dantas, ambos de 19 anos, encaram neste domingo o Vestibular 2016 do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). Com 29.865 candidatos inscritos, 6.332 vagas serão oferecidas em 15 campi. A prova será aplicada às 9h, mas é recomendado aos candidatos que cheguem com, no mínimo, uma hora de antecedência. Para os cursos técnicos, são oferecidas 1.684 vagas na modalidade integrado e 4.028 na modalidade subsequente. Também são ofertadas 120 vagas para os cursos de Qualificação Profissional do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), além de 500 vagas para os cursos superiores com início no primeiro semestre de 2016.

O curso mais procurado foi técnico em Segurança do Trabalho do campus Recife (manhã) que registrou 29,05 candidatos por vaga na modalidade integrado, ou seja para quem deseja cursar a 2ª ou 3ª série do ensino médio. Em seguida, estão os cursos técnicos em Edificações (26,1) e Química (25,18), ambos oferecidos na unidade da capital pernambucana na mesma modalidade. Com três horas de duração para os cursos técnicos e de quatro horas para os cursos superiores, será realizada em 62 prédios espalhados pelo estado, nas cidades onde o IFPE possui campus.

Na modalidade subsequente, que exige a conclusão do Ensino Médio, o curso que obteve a maior procura foi técnico em enfermagem (19,77), ofertado no campus Belo Jardim. A segunda e a terceira posição na modalidade foi ocupada novamente pelos cursos da capital. O de segurança do trabalho (manhã) registrou um índice de concorrência de 10,88 enquanto Edificações obteve 10,73.

Leonardo sonha em ser engenheiro elétrico da Polícia Federal, mas para alcançar esse objetivo pretende primeiro fazer um curso técnico de eletroeletrônica. “Escolhi estudar no IFPE e depois me especializar no campo da engenharia. Preciso acertar mais de 20 questões, mas estou confiante e acredito que essa vaga já é minha”, disse. Já Marcos tentará uma vaga no curso técnico de mecânica. “Meu avô é engenheiro mecânico e venho me inspirando muito nele”.

Os candidatos aos cursos superiores terão que fazer uma redação, além de responder 50 questões. Já os que tentam uma vaga de curso técnico responderão 30 questões. O posto mais concorrido ficou pelo segundo ano consecutivo com Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas com 22,12 candidatos por vaga, no campus Recife.

Saiba mais

O QUE VOCÊ PRECISA LEVAR

Documento de identificação com foto em perfeito estado

Caneta esfereográfica na cor preta ou azul

Cartão de inscrição impresso, disponível no site

www.cvest.ifpe.edu.br

No cartão estão as informações relativas ao prédio e a sala do exame

Horário e duração das provas

9h – início

3h – duração para os cursos  técnicos

4h – duração para os cursos superiores

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *