Últimas

Raimundo Carrero e Ronaldo Correia finalistas do Prêmio APCA

Crédito: arquivo/DP
Crédito: arquivo/DP
Os escritores Raimundo Carrero e Ronaldo Correia são finalistas do prêmio concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) com os livros O senhor agora vai mudar de corpo e O amor das sombras, respectivamente. Embora não tenham sido divulgados oficialmente, os finalistas na categoria literatura foram antecipados pelo portal PublishNews, especializado em mercado editorial.

Os vencedores serão conhecidos no dia 3 de dezembro e a cerimônia de entrega acontece em março.

Veja a relação com os finalistas: 

A Imensidão Íntima dos Carneiros, Marcelo Maluf (Reformatório)

Beije-me onde o sol não alcança, Mary del Priore (Planeta)

O senhor agora vai mudar de corpo, Raimundo Carrero (Record)

Pssica, Edyr Augusto Proença (Boitempo)

Poesia

Escuta, Eucanaã Ferraz (Companhia das Letras)

Passagem para Barcelona, Alberto Bresciani (José Olympio)

O livro das semelhanças, Ana Martins Marques (Companhia das Letras)

Tempo Comum, Eunice Arruda (Pantemporâneo)

Biografia/Memória

Alda Garrido – as mil faces de uma atriz popular brasileira, Marta Metzler (Editora Perspectiva)

Elis Regina – Nada será como antes, Júlio Maria (Master Books)

O homem que disse não, Jorge Fernando dos Santos (Geração Editorial)

Júlio Mesquita e Seu Tempo – Volumes I, II, III e IV, Jorge Caldeira (Mameluco)

Ensaio/Teoria e Crítica Literária/Reportagem

A noite do meu bem – A história e as histórias do samba-canção, Ruy Castro (Companhia das Letras)

Como Conversar com um Fascista – Reflexões Sobre o Cotidiano Autoritário Brasileiro, Marcia Tiburi (Record)

Devagar e Simples – Economia, Estado e Vida Contemporânea, André Lara Rezende (Companhia das Letras)

Dois letrados e o Brasil nação – A obra crítica de Oliveira Lima e Sérgio Buarque de Holanda, Antonio Arnoni Prado (Editora 34)

Contos/Crônicas

Afagos, José Rufino (Cosac Naify)

Jeito de Matar Lagartas, Antonio Carlos Viana (Companhia das Letras)

O Amor das Sombras, Ronaldo Correa de Brito (Alfaguara)

O Frango Ensopado da Minha Mãe, Nina Horta (Companhia dasLetras)

Infantil/Juvenil

A Divina Jogada, José Santos e ilustração de Eloar Guazzelli (Editora Nós)

Antes e Depois – Um dia decisivo na vida de grandes brasileiros, Flavio de Souza e ilustrações de Daniel Almeida (Companhia das Letrinhas)

O Leão Tem Dor de Garganta, Livia Garcia-Roza e ilustrações de João Vaz de Carvalho (Companhia das Letrinhas)

Um menino chamado Vlado, Marcia Camargos e ilustrações de Mirella Spinelli (Editora Autêntica e Instituto Vladimir Herzog)

Tradução

Declínio de um homem, Osamu Dazai – Tradução de Ricardo Machado (Estação Liberdade)

Hamlet, William Shakespeare – Tradução de Lawrence Flores Pereira (Penguin/Companhia das Letras)

Hipólito, Eurípides – Tradução de Trajano Vieira (Editora 34)

Paisagens Humanas do Meu País, de Nâzim Hikmet – Tradução de Marco Syrayama de Pinto (Editora 34)

Grande Prêmio da Crítica

Antologia da poesia erótica brasileira, Eliane Robert Moraes (Ateliê Editorial)

Brasil, Uma Biografia, Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Murgel Starling (Companhia das Letras)

Contos Completos, Liev Tolstói, Tradução de Rubens Figueiredo (Cosac Naify)

Testemunho Transiente, Juliano Garcia Pessanha (Cosac Naify)

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *