Últimas

Rapaz acusado de assassinar dois jovens a pedradas é detido em Maceió

João Paulo Carvalho do Nascimento, de 20 anos, teria cometido crimes por causa de dívida de R$ 20

 

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital (DH), comandados pela delegada Teíla Rocha, prenderam no final da tarde desta terça-feira (10), um jovem e um adolescente acusados de praticar homicídios no bairro da Cidade Universitária, em Maceió.

A delegada Teíla informou que, após um trabalho de investigação, João Paulo Carvalho do Nascimento, de 20 anos, juntamente com seu irmão, de 16 anos, foram os responsáveis pelos homicídios ocorridos nos dias 04 e 06, deste mês, que vitimou Maxsuel da Silva Santos, de 16 anos, e Carlos Daniel Paiva Santos, de 13 anos.

De acordo informações passadas pela polícia, os crimes ocorreram na Rua Fortaleza, no bairro da Cidade Universitária, e as vítimas foram mortas a pedradas e pauladas, o que chamou a atenção durante as investigações, levando até os acusados.

O motivo do primeiro homicídio, teria sido em função de uma dívida de R$ 20,00, que a vítima, Carlos Daniel, deixou de receber na venda de um PlayStation2 ao menor, identificado por M.C.N. Inconformado por não ter recebido todo dinheiro, Carlos Daniel teria cobrado a dívida e feitos ameaças ao menor.

“O menor, em companhia de mais dois jovens, atraíram a vítima para um local dizendo que iam consumir drogas, e com pedras e paus, cometeram o crime”, disse a delegada.

O segundo crime foi registrado dois dias depois, no mesmo bairro, e o motivo teria sido uma discussão sobre um boné. João Paulo na companhia do seu irmão, e de uma terceira pessoa, assassinaram Maxsuel utilizando novamente pedras e paus. Após a apreensão, o menor confessou a participação nos crimes.

A ação se deu em cumprimento ao mandado de prisão expedido pelo juiz Maurício Breda, titular da 7ª Vara Criminal da Capital.

 

Por Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital (DH), comandados pela delegada Teíla Rocha, prenderam no final da tarde desta terça-feira (10), um jovem e um adolescente acusados de praticar homicídios no bairro da Cidade Universitária, em Maceió.

A delegada Teíla informou que, após um trabalho de investigação, João Paulo Carvalho do Nascimento, de 20 anos, juntamente com seu irmão, de 16 anos, foram os responsáveis pelos homicídios ocorridos nos dias 04 e 06, deste mês, que vitimou Maxsuel da Silva Santos, de 16 anos, e Carlos Daniel Paiva Santos, de 13 anos.

De acordo informações passadas pela polícia, os crimes ocorreram na Rua Fortaleza, no bairro da Cidade Universitária, e as vítimas foram mortas a pedradas e pauladas, o que chamou a atenção durante as investigações, levando até os acusados.

O motivo do primeiro homicídio, teria sido em função de uma dívida de R$ 20,00, que a vítima, Carlos Daniel, deixou de receber na venda de um PlayStation2 ao menor, identificado por M.C.N. Inconformado por não ter recebido todo dinheiro, Carlos Daniel teria cobrado a dívida e feitos ameaças ao menor.

“O menor, em companhia de mais dois jovens, atraíram a vítima para um local dizendo que iam consumir drogas, e com pedras e paus, cometeram o crime”, disse a delegada.

O segundo crime foi registrado dois dias depois, no mesmo bairro, e o motivo teria sido uma discussão sobre um boné. João Paulo na companhia do seu irmão, e de uma terceira pessoa, assassinaram Maxsuel utilizando novamente pedras e paus. Após a apreensão, o menor confessou a participação nos crimes.

A ação se deu em cumprimento ao mandado de prisão expedido pelo juiz Maurício Breda, titular da 7ª Vara Criminal da Capital.

 

Por Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital (DH), comandados pela delegada Teíla Rocha, prenderam no final da tarde desta terça-feira (10), um jovem e um adolescente acusados de praticar homicídios no bairro da Cidade Universitária, em Maceió.

A delegada Teíla informou que, após um trabalho de investigação, João Paulo Carvalho do Nascimento, de 20 anos, juntamente com seu irmão, de 16 anos, foram os responsáveis pelos homicídios ocorridos nos dias 04 e 06, deste mês, que vitimou Maxsuel da Silva Santos, de 16 anos, e Carlos Daniel Paiva Santos, de 13 anos.

De acordo informações passadas pela polícia, os crimes ocorreram na Rua Fortaleza, no bairro da Cidade Universitária, e as vítimas foram mortas a pedradas e pauladas, o que chamou a atenção durante as investigações, levando até os acusados.

O motivo do primeiro homicídio, teria sido em função de uma dívida de R$ 20,00, que a vítima, Carlos Daniel, deixou de receber na venda de um PlayStation2 ao menor, identificado por M.C.N. Inconformado por não ter recebido todo dinheiro, Carlos Daniel teria cobrado a dívida e feitos ameaças ao menor.

“O menor, em companhia de mais dois jovens, atraíram a vítima para um local dizendo que iam consumir drogas, e com pedras e paus, cometeram o crime”, disse a delegada.

O segundo crime foi registrado dois dias depois, no mesmo bairro, e o motivo teria sido uma discussão sobre um boné. João Paulo na companhia do seu irmão, e de uma terceira pessoa, assassinaram Maxsuel utilizando novamente pedras e paus. Após a apreensão, o menor confessou a participação nos crimes.

A ação se deu em cumprimento ao mandado de prisão expedido pelo juiz Maurício Breda, titular da 7ª Vara Criminal da Capital.

 

Por Gazetaweb

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *