Últimas

Reddit: "comprei um BlackBerry Priv, mas quero devolvê-lo já!"

Da Redação do site Tudocelular.com.br

BlackBerry Priv certamente animou o mercado de telefonia móvel, tanto pelas especificações técnicas de qualidade, quanto pela história, já que ele é o primeiro celular da antiga RIM (Research In Motion) a contar com o Android instalado de fábrica como sistema operacional. Se está animado com a novidade feita pela companhia sediada no Canadá, talvez queira reconsiderar ao ler o relato de um dos primeiros donos do modelo, que usou sua conta na rede social, Reddit, para comentar sobre suas impressões inicias da novidade. Falando de modo direto, a coisa não foi boa para a empresa norte-americana, sofrendo críticas em relação à execução da interface e outros fatores. Acompanhe abaixo a descrição.

Então, dois dias atrás eu estava muito animado em relação a este novo BlackBerry e a possibilidade dele ser o telefone capaz de substituir meu antigo Nexus 5, que não é tão grande (ao contrário do Nexus 6P, que é estupidamente enorme) e sua aparência é fantástica. Normalmente os aparelhos da BlackBerry também trazem boa qualidade de construção, além de baterias enormes e especificações decentes para a câmera (no papel). Uma hora usando [o Priv], e eu já tive questões sobre o dispositivo.

Ele é muito lento do que o meu velho Nexus 5, os travamentos e bugs são constantes, o teclado físico é simplesmente ruim (o teclado virtual é bem fantástico, entretanto!), o alto-falante é meh (não é alto o suficiente, em minha opinião), e meu celular possui um problema de aparência / fabricação, onde o módulo do display parece que se mexe quando estou interagindo com a tela sensível ao toque. Muito, muito irritante. Além disso, muitas vezes a notificação que aparece quando deslizo o dedo sobre a interface do Android surge do nada. Não sei exatamente do que isso se trata.

Pelo preço deste smartphone, eu realmente esperava por muito mais. Ele é muito caro no Canadá (400 dólares canadenses em 2 anos de contrato, ou 800 dólares canadenses quando desbloqueado) e simplesmente não tem o suficiente para competir em sua class, em minha opinião. A tela e a câmera são decentes, mas não estou nada convencido com a parte curva do display. Em resumo, não está nem próximo de ser o suficiente.

De fato, o mais novo modelo feito pela BlackBerry é considerado caro, saindo das lojas nos Estados Unidos da América, por exemplo, pela quantia avaliada em US$ 699, ou R$2.652, usando a cotação atual do dólar como base de conversão e desconsiderando os impostos brasileiros. No Canadá este valor é ainda maior, e o cliente, que mora por lá, não está nada contente com o dispositivo, principalmente pelo valor que pagou por ele. Naturalmente, há várias parte subjetivas que podem, ou não, ser vivenciadas por outros consumidores, mas até lá, seria sensato aguardar até que o Priv chegue ao Brasil antes de concluir sobre o assunto, embora não haja planos disso acontecer em breve.

BlackBerry Priv

Apesar das duras críticas feitas ao modelo, é impossível negar que as especificações técnicas do BlackBerry Priv sejam uma das melhores no mercado atual de telefonia móvel, incluindo a tela de 5,4 polegadas em resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels), protegida pelo vidro curvo 2.5D, 3 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 808, incluindo seu processador de seis núcleos e a Adreno 418 como placa gráfica, 32 GB de memória para o armazenamento interno, podendo ser expandida via cartão microSD, câmera principal, câmera principal de 21 megapixels e frontal de 5 megapixels, suporte às redes 4G LTE, Bluetooth 4.1 e o Android 5.1.1 Lollipop como sistema operacional, recebendo a interface customizada feita pela própria BB. Mas e aí, o que achou das opiniões oferecidas por um dos primeiros donos do celular?

O BlackBerry Priv ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *