Últimas

Renata Dominguez sobre Rei Davi: ‘País torceu por adultério’

A Record tem conquistado boa audiência com a reprise da novela Rei Davi. Em conversa com a reportagem de OFuxico, Renata Dominguez, que interpretou a personagem Bate-Seba, o amor proibido do rei, comentou da alegria em ver o trabalho sendo mostrado novamente na televisão.

“É sempre bom rever um trabalho de qualidade, principalmente quando este é imbuído de valores e referências, coisa que nossa teledramaturgia anda carente. Estamos vivendo uma era em que o público vem nitidamente rejeitando tudo o que remete a essa realidade violenta e corrupta. As pessoas estão buscando resgatar seus valores, sua família, a esperança num futuro melhor. Não é à toa que as histórias bíblicas vêm crescendo na audiência pois, além dos valores, tratam também de experiências universais em que todos podemos nos identificar. Os heróis são seres humanos comuns, com suas virtudes e fraquezas que vencem a si mesmos e suas dificuldades através da fé. E fé é o que mais estamos precisando. Acredito ser um acerto a reprise”, afirmou.

Renata contou que acredita que Bate-Seba ficará marcada como um de seus grandes papéis na carreira.

“São raras as oportunidades que a gente tem de fazer um papel com tamanha relevância e grau de exigência. Tudo o que pesquisei levava a questionamentos. Foi um desafio mostrar quem era essa mulher que virou a cabeça de um homem tão devoto a Deus, essa mulher que tomou as rédeas do seu destino numa época onde a maioria das mulheres abaixava a cabeça. Juntamente com o Spinello (diretor geral), conduzimos a personagem para ser apenas um ser humano, com suas complexidades, fraquezas, paixões, impulsos…uma heroína que não foi 100% nobre o tempo todo, o que a aproximou do público. Um ser humano que veio ao mundo como nós viemos, trilhou seu caminho, teve a humildade de reconhecer seus erros, soube se curvar a Deus e foi elevada a 1a mulher da linhagem de Jesus. Bate-Seba trouxe muita coisa para minha vida: mais maturidade, trouxe essa coisa da sensualidade, que eu nunca explorei em mim. Foi uma história de fé, de valores, uma lição de vida retratada de forma coloquial e muito real. Me sinto privilegiada por terem me confiado a missão de dar vida à Bate-Seba num mundo atual escasso de valores, de referências, inconsequente. Além de ter sido a personagem mais madura que já fiz, tinha uma sensualidade natural, que brotava na sutileza dos movimentos, na leveza, era lânguida. O oposto de mim. Sou ligada na tomada, moleca. Brinco, dou gargalhada, é difícil alguém me ver séria. Tive que trabalhar isso. Fazia exercícios de respiração, quase uma meditação antes de gravar para buscar uma serenidade que até então eu não sabia que eu tinha dentro de mim. rs… Com certeza foi um marco na minha carreira”.

A atriz relembrou da forma carinhosa pela qual os telespectadores se dirigiam a ela na época em que a novela Rei Davi foi exibida pela primeira vez.

“Nunca vi o Brasil torcer tanto por um adultério. Rei Davi teve 23 dos seus 30 capítulos na liderança da audiência no Brasil e ganhou o mundo. Vira e mexe recebo mensagens de fãs da Colômbia, Peru, Estados Unidos, Alemanha, Portugal, República Dominicana… Estive no Porto, em Portugal, em 2012 e o shopping parou com o assédio dos fãs. Também fui reconhecida em Londres, ano passado, como Bate-Seba. É gratificante receber esse retorno.  Além de Rei Davi ter triplicado a audiência da Fox Mundo nos Estados Unidos, onde já foi reprisada duas vezes”, contou.

Na novela, Renata fez, pela primeira vez, uma cena nua na TV. Ela relembrou do episódio.

“Difícil é tirar a roupa, depois você até esquece das circunstâncias. A nudez dentro de um contexto dramatúrgico que a justifique não me incomoda, flui. A personagem te protege. O banho da Bate-Seba é uma cena icônica, consta na Bíblia, e o resultado foi poesia pura”, falou.

Para o papel, a atriz chegou a perder alguns quilinhos.

“Não lembro quantos quilos eu perdi mas lembro que quando li no perfil da personagem ‘mulher de beleza fora do comum capaz de virar a cabeça de um homem de Deus’, eu senti a pressão. Rs… Fazia aulas de Muay Thai 5x na semana com o personal Ayrton Senna, musculação 3x na semana com o personal Leo Vieira e tratamentos estéticos no Espaço Heloísa Rocha. Fora a dieta da proteína ne?! Sou super disciplinada quando necessário”.

Renata falou de como era o clima nos bastidores da trama.

“Foi a melhor coxia de todos os trabalhos que já fiz. E acredito que essa energia boa dos bastidores acabou indo pra tela. O público sente ne?! Havia um comprometimento e respeito coletivo da equipe no geral. Era um produto difícil, que exigia muito estudo, pesquisas, fizemos inúmeros workshops, o processo de gravação era lento, eu e o Leo Brício tínhamos muitas cenas de sofrimento, com bebês, repetíamos várias vezes as cenas por eixo e todos cooperavam para que pudéssemos ficar o mais concentrados possível. Foi especial. O sucesso não foi à toa”.

Para finalizar, a atriz falou de como encara o sucesso das produções bíblicas na televisão.

“Encaro esse sucesso como o público buscando desesperadamente resgatar nossa sociedade doente, essa inversão generalizada de valores, o extermínio das famílias, a ausência de Deus na vida dessa nova geração. Encaro esse sucesso como o despertar do consciente coletivo de que precisamos investir, hoje, nos que têm o poder de mudar o amanhã”, disse.

 

Renata Dominguez engorda 5 Kg para viver ex-BBB no cimena
Renata Dominguez arrasa em gravação da série Coral de Rua da Record
Luciano Szafir vai com a namorada à estreia de Sobrevivente Urbano

Renata Dominguez sobre Rei Davi: ‘País torceu por adultério’

Tudo sobre o mundo dos famosos, novelas, festas e TV, você encontra em O Fuxico!

Fonte: OFuxico.com.br
Matéria Originalmente postada pelo site O Fuxico

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *