Últimas

Retrospecto: CRB recebe Atlético-GO pela primeira vez no Estádio Rei Pelé

Único jogo em que os times se enfrentaram foi válido pela 15ª rodada desta edição  da Série B. Partida foi no Serra Dourada e terminou em 1 a 0 para os donos da casa

 

CRB e Atlético-GO não são conhecidos de longa data. Pela Série B 2015, os times se encontraram pela primeira vez na história, no Serra Dourada. O jogo terminou com o placar de 1 a 0 a favor dos donos da casa. No próximo sábado, no Rei Pelé, será a primeira visita do Dragão à capital alagoana. O placar pode colocar os clubes em igualdade no breve histórico, ou aumentar o retrospecto a favor dos goianos.

A primeira partida foi válida pela 15ª rodada da Segundona. O Atlético, então com 12 pontos e na 18ª colocação, lutava para sair do Z-4; o CRB, 11º colocado, com 18, tentava se distanciar ainda mais da degola. Juninho foi responsável pelo gol da vitória, aos 16 minutos do segundo tempo. O placar mínimo fez com que o Dragão subisse uma posição e ficasse a um ponto do ABC, primeiro clube fora da zona do rebaixamento. Para o Galo, a derrota significou a queda de três posições, sendo ultrapassado por Oeste, Bragantino e Paraná. Passadas 18 rodadas, o time alagoano soma 44 pontos e é o atual 11º colocado da tabela. O clube goianiense é o 13º, com 43.

Fair Play

Antes do resultado se concretizar, um lance que chamou a atenção no duelo Atlético-GO x CRB foi quando o zagueiro regatiano Audálio ajudou o rival Júnior Viçosa a amarrar a chuteira no meio do jogo. O atacante rubro-negro estava com uma proteção no braço, devido a uma fratura (veja no vídeo ao lado).

E se o Atlético, em conjunto, não conhece o Estádio Rei Pelé, Viçosa, sim. O apelido do jogador leva o nome da cidade do interior de Alagoas, onde ele nasceu. Em 2009, estreou como profissional e foi campeão alagoano pelo ASA. Depois, no ano seguinte, foi emprestado ao Grêmio e não voltou mais para defender os clubes do estado. O reencontro, fica, portanto, agendado para as 20h (horário local), do sábado.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *