Últimas

Rússia e Egito definem cooperação dos serviços secretos

O presidente russo, Vladimir Putin, não tem dúvidas sobre o motivo da queda do avião russo no Sinal. Foto: SPUTNIK/AFP ALEXEI NIKOLSKY
O presidente russo, Vladimir Putin, não tem dúvidas sobre o motivo da queda do avião russo no Sinal. Foto: SPUTNIK/AFP ALEXEI NIKOLSKY

O presidente russo, Vladimir Putin, e seu colega egípcio, Abdel Fatah al-Sisi, decidiram uma “coordenação estreita” dos serviços secretos de seus países, um dia depois da confirmação por Moscou de que a queda do avião russo no Sinai em 31 de outubro foi um atentado.

“No contexto dos esforços de busca dos criminosos envolvidos no ato terrorista do avião comercial russo, os dois presidentes decidiram uma coordenação estreita entre os serviços secretos”, anunciou o Kremlin em um comunicado.

O Egito continua afirmando que não é possível tirar nenhuma conclusão definitiva antes do fim da investigação da queda do avião russo, que matou as 224 pessoas a bordo.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *