Últimas

Segunda geração do Google Glass contará com três versões e tecnologia de condução óssea

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O Google Glass tinha a missão de revolucionar a tecnologia vestível. Com ele, teríamos uma experiência próxima ao que é visto em filmes de ficção científica, onde seria possível ter qualquer tipo de informação em tempo real diante dos nossos olhos e sem a necessidade de tirar o smartphone do bolso. O produto não fez sucesso por trazer uma solução pouco prática, além de ter um desenvolvimento de aplicativos dedicados bem limitado. Mas Google não desistirá do Google Glass, e reformulou o projeto para o nome Aura, trazendo não apenas um sucessor do aparato tecnológico, mas sim três.

De acordo com informações do site The Information, Google está trabalhando em três modelos diferentes do Google Glass. A parte mais interessante é que apenas um deles terá lentes. Chamado de Enterprise Edition, a versão mais completa trará o que foi prometido: todo tipo de conteúdo sendo visualizado rapidamente sem precisar de outros gadgets. As outras duas versões focarão apenas na parte sonora.

Estas versões focadas apenas em áudio irão usar a tecnologia de condução óssea para entregar qualquer tipo de conteúdo auditivo ao usuário. A versão com lentes também conta com este recurso, mas o modelo secundário será focado nos praticantes de esportes que podem registrar seus treinos e ouvir músicas sem ter uma lente a sua frente atrapalhando o desempenho da atividade física. Esta versão chegará mais cedo que a Enterprise Edition, sendo cogitada já para 2016.

Já a Enterprise Edition, que será o alvo do marketing da companhia, contará com um hardware muito mais potente que a primeira versão. Uma das grandes promessas é uma bateria muito mais duradora – algo que foi bastante criticado no modelo lançado. Além disso, ele virá com uma nova antena Wi-Fi com suporte à frequência de 5 GHz, o que garante um melhor desempenho para streaming de vídeos, já que este é um dos grandes focos do acessório.

E para garantir que a bateria do aparelho não vai deixar o usuário na mão. Google também lançará uma bateria externa que pode ser acoplada magneticamente aos óculos prologando a autonomia do gadget. É comentado que a versão comercial, destinada aos usuários comuns, não chegará antes de um ano. Assim, podemos esperar ver a novidade apenas no começo de 2017.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *