Sem alarde, SBT já tem cerca de 16 horas semanais de programação independente

"Mundo Disney" é responsável por 14 horas semanais de programação vendida / Foto: Reprodução

“Mundo Disney” é responsável por 14 horas semanais de programação vendida / Foto: Reprodução

Sem fazer nenhum barulho na grande imprensa, o SBT, uma das únicas emissoras brasileiras a não se render aos famosos horários vendidos a terceiros, como igrejas e televendas, adotou nos últimos tempos a prática da exibição desses conteúdos, porém de forma diferenciada.

Com essa política, no entanto distinta, a emissora vender recentemente cerca de duas horas diárias de sua grade ao Grupo Disney, para exibição do infantil “Mundo Disney” em suas manhãs. Ainda que seja conteúdo de terceiro, a qualidade na programação não foi reduzida, já que os produtos da produtora, além de terem alta qualidade, possuem bastante destaque e prestígio perante ao mercado e o público de casa. O acordo fez com o que a rede vendesse 14 horas de programação semanal.

Analisando outra situação curiosa, tem-se o game-show “Roda a Roda Jequiti”, também fazendo parte dessa categoria, pois trata-se de um infomercial da marca de cosméticos, com a diferença de utilizar o espaço e os profissionais do SBT.

Completando a lista, os programas “Brasil Caminhoneiro” e “Turismo e Aventura”, exibidos aos domingos, assim como o Mundo Disney, são transmitidos no regime de venda de horário.

A venda da programação pode ser perigosa se usada em excesso e a troco de qualquer produto. No caso da prática diferenciada por parte do SBT, ganha-se em qualidade, diversidade de programação e incentivo a produção de conteúdos audiovisual na televisão. Bom seria se todas as emissoras alocassem seus horários com produtos bem feitos.


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *