Últimas

Siderúrgica Alcoa anuncia cortes em sua capacidade de fundição e refino

A Alcoa anunciou medidas adicionais para reduzir sua capacidade de fundição e refino, no momento em que trabalha para lidar com preços mais baixos do alumínio. A companhia informou que reduzirá sua capacidade de fundição de alumínio em 503 mil toneladas e a capacidade de refino de alumina em 1,2 milhão de toneladas até o fim do primeiro trimestre de 2016.

Os cortes incluem a paralisação das fundições de alumínio Intalco e Wenatchee, em Washington, e da fundição Massena West em Nova York. A Alcoa cortará ainda parcialmente sua capacidade de refino em Point Comfort, Texas.

A companhia espera que os custos das reestruturações no quarto trimestre fiquem em entre US$ 160 milhões e US$ 180 milhões, após impostos, ou US$ 0,12 a US$ 0,14 por ação.

Em setembro, a Alcoa anunciou que iria separar suas operações no próximo ano. Uma das companhias ficará com a produção de partes de carros e aviões, enquanto a outra produzirá alumínio e outros itens.

Em 8 de outubro, a Alcoa divulgou balanço do terceiro trimestre, com um lucro bem mais fraco que em períodos anteriores. O excesso de oferta, exacerbado pela desaceleração econômica chinesa, prejudicou os preços do alumínio. Em março, a empresa anunciou que reveria sua capacidade de fundição e refino para potenciais cortes e desde então já anunciou a redução da capacidade de refino de alumina na Suriname Aluminum Co.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *