Últimas

SINDSPEM trabalha para servidor voltar a dispor de consignação

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo (SINDSPEM) trabalhou durante este final de semana para o servidor voltar a dispor da consignação. Na prática, membros da diretoria executiva ficaram sábado e domingo inserindo dados no sistema administrativo do cartão que assegura compras no comércio local.

“Como não recebemos as informações detalhadas da Secretaria Municipal de Gestão Pública e Finanças, foi preciso o SINDSPEM tomar essa medida. Fizemos o lançamento caso a caso, um trabalho árduo porque sabemos que muitos servidores fazem feira e compram material de necessidade básica com o seu cartão”, explicou Ana Flávia Teixeira, Presidente do SINDSPEM.

Apesar do esforço, foi preciso voltar a suspender o sistema nesta segunda-feira, 16, por conta de diferenças entre o que deveria ter sido descontado no salário de setembro para pagamento dos consignados e o percentual aplicado na folha de pessoal em função do Decreto 473/2015.

O ato da Prefeitura de Penedo que regulamenta a margem de consignação – informado ao SINDSPEM em 28 de outubro, mesma data do pagamento do salário do funcionalismo (calculado com o uso do cartão em setembro) – tem seu prazo de aplicação questionado pelo sindicato e entidades representativas do comércio penedense.

Com apoio da Procuradoria Geral do Município, SINDSPEM, CDL e Sindilojas pedem a manutenção das ‘margens antigas’ até o último dia de novembro, com a efetivação do Decreto 473 a partir de 1º de dezembro. A proposta aprovada em assembleia do funcionalismo na última sexta-feira, 13, foi encaminhada ao Poder Executivo que deverá atender a solicitação.

“O empresário quer vender para o servidor público, mas entende que a regulamentação é necessária. É muito importante para o resgate da credibilidade do sindicato com os conveniados, o cartão SINDSPEM é seguro e não precisa de consulta para o servidor usar. O que estamos fazendo é o melhor para Penedo”, declarou Ana Luiza Araújo, presidente do Sindilojas.

Representando a CDL, o empresário e Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico Pedro Soares destacou a busca por uma solução para “salvaguardar o poder de compra do servidor municipal”, agradecendo o apoio da imprensa durante a entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira, 16, na sede do SINDSPEM.

 

Por Assessoria

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *