Sistema julga se selfie é boa ou ruim

Um pesquisador da Universidade de Stanford desenvolveu um sistema que consegue classificar as selfies das pessoas entre boas e ruins. Para conseguir julgar, a inteligência artificial analisou 2 milhões de exemplares de autorretratos digitais.

O sistema se baseia em uma tecnologia chamada de ‘redes convolucionais’, usada desde os anos 1980 para reconhecer imagens. Ao analisar cada uma das fotos, a máquina quebra pixel por pixel, observando aspectos simples e complexos.

Para definir o que era uma selfie boa ou ruim, o estudante de doutorado, Andrej Kárpáthy, afirma que se baseou no número de likes, seguidores e tags utilizadas pelas pessoas de 2 milhões de fotos. De acordo com o pesquisador, a tarefa fez com que o sistema fosse capaz de distinguir entre as imagens, encontrando componentes do que eram imagens boas ou não.

Depois que o sistema foi treinado, o pesquisador o testou com 50 mil imagens inéditas, ranqueadas de acordo com sua qualidade. Comprovando os resultados, ele descobriu que as fotos melhores posicionadas no ranking são as que apresentam mulheres, de cabelos compridos, com detalhes como a testa cortada e a exibição de uma parte do pescoço.

Quem quiser testar o sistema pode acessar um perfil no Twitter que analisa as imagens automaticamente.

Via BusinessInsider

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *