Últimas

Susana Vieira avalia a vida aos 73 anos: ‘O mundo valoriza juventude e magreza, então, estou no páreo’

Solteira desde abril, quando terminou o casamento de seis anos com Sandro Pedroso, Susana Vieira fez um balanço da sua vida, aos 73, e afirma que hoje consegue viver muito bem sozinha.

“É muito ruim viver sem um lado afetivo, mas não é o que me move. (…) Mulher não pode achar que veio ao mundo para casar… (….) Dispenso homem para quase tudo”, diz ela, em entrevista à revista “Caras” desta semana.

Susana caracterizada para a novela 'A regra do jogo'

Susana caracterizada para a novela ‘A regra do jogo’ Foto: TV Globo

Esbanjando confiança e energia (“Não vou terminar a vida fazendo tricô, talvez, pulando de parapente”, conta ela), a atriz também declara se sentir ótima com o corpo que possui.

“(…) Temos que estar bem com o corpo bom. O mundo continua valorizando a juventude e a magreza. Então, dentro do possível, estou no páreo”, acredita Susana, que tem usado e abusado da sensualidade na novela das 21h. “Já me sinto poderosa sem a roupa de oncinha (usada por sua personagem). Não preciso de peça justa”, dispara.

Susana Vieira em foto para o EXTRA, sem retoques

Susana Vieira em foto para o EXTRA, sem retoques Foto: Marcelo Theobald

Quando o assunto é sua personalidade, digamos, marcante, Susana afirma ser uma mulher que fala o que pensa e critica as pessoas que, segundo ela, “ficam posando de fina e hipócrita”. “Mas tem uma gente como eu. São tantos anos de entendimento com o público que as pessoas já têm um carinho por mim”.

E, para quem pretende ter alguma chance com a atriz, aí vão algumas dicas dadas por ela: “Me fazer rir. O humor é importante. E saber lidar com minha força e prepotência. Tem que admirar esse lado porque, antes de ficar ursinha, chego ursona. Se ele gostar dessa, a pequenininha surge que é um amor. Também sei ser boazinha”.

Susana caracterizada para a novela 'A regra do jogo'

Susana caracterizada para a novela ‘A regra do jogo’ Foto: TV Globo

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *