Últimas

Taxistas brasileiros protestam em 5 capitais contra a Uber

Taxistas de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília e Curitiba protestaram na manha desta quarta-feira, 11, para pedir a fiscalização do aplicativo de transportes Uber.

No Distrito Federal, cerca de 500 profissionais promoveram também uma ação social para arrecadar mantimentos para as vítimas do rompimento de barragens em Mariana, Minas Gerais. “Esse transporte não tem legalização nenhuma no Brasil. E hoje, nós estamos cobrando das autoridades a fiscalização sobre essa pirataria”, afirmou o motorista Wanderson, na capital brasileira.

O presidente do Conselho Regional dos Taxistas do Rio de Janeiro, Marcos Bezerra, questionou uma das principais razões alegadas pelos usuários para adotar o novo serviço e defendeu que o serviço tradicional de táxis é superior ao do aplicativo.  “O nosso índice de reclamação é inferior a 1%. Somos uma categoria de 33 mil veículos com 55 mil profissionais, então fica difícil você não ter uma ou outra reclamação. Em todas as profissões existem os bons e os maus profissionais. Então, nós não podemos marginalizar toda uma categoria por conta de menos de 1% de reclamação, que é um número bem baixo se comparado a outros tipos de transporte”, comentou. Segundo o conselho, a Uber está trazendo prejuízos de até 40% aos trabalhadores.

Diante dos protestos, o secretário estadual de transportes do Rio de Janeiro, Carlos Roberto Osório, decidiu receber uma comissão de taxistas para ouvir às reivindicações da categoria.

Via AgênciaBrasil

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *