Últimas

Teste com Xiaomi Mi Pad 2 mostra que chipset Intel X5-Z8500 tem grande poder de fogo

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Xiaomi anunciou dois dispositivos interessantes nos últimos dias: o phablet Redmi Note 3 e tablet Mi Pad 2. Enquanto o primeiro trouxe hardware convincente e leitor biométrico por preço mais baixo que o da concorrência, o segundo aposta na linha de processadores para dispositivos móveis da Intel. O anterior trazia o poderoso Tegra K1, mas aposta apenas no Android. O novo, com a mudança para Intel, permitiu que a Xiaomi também trouxesse uma variante com sistema da Microsoft.

Agora que o Mi Pad 2 foi lançado, não demorou muito para vermos o modelo passar por testes de benchmark. A boa notícia é que o Intel X5-Z8500 não deixa em nada a desejar para o chipset da Nvidia, cravando uma incrível pontuação de 85.101 pontos no AnTuTu. Este valor está acima dos mais poderosos dispositivos do mercado, mas não podemos esquecer que a novidades a serem lançadas em 2016 irão quebrar a barreira dos 100 mil pontos – como foi visto no suposto Galaxy S7 com Exynos 8890.

Acompanhe abaixo a lista completa de especificações do novo tablet da Xiaomi:

  • Tela de 7,9 polegadas com resolução de 2048 x 1536 pixels, resultando em 326 pixels por polegada
  • 2 GB de RAM (LPDDR3)
  • Chipset Intel X5-Z8500
  • Processador de quatro núcleos de velocidade máxima de 2,4 GHz
  • Intel HD Graphics como unidade gráfica
  • 16 GB ou 64 GB de memória para o armazenamento interno
  • Câmera principal de 8 megapixels (sem LED para o flash)
  • Câmera frontal de 5 megapixels
  • Bateria de 6.190 mAh
  • Android 5.1 Lollipop ou Windows 10 com sistema operacional, podendo incluir a interface MIUI 7

Nem tudo se resume a poder bruto. Este novo chipset da Intel conta com produção a 14nm, mesmo nível de litografia usada pela Samsung em seu Exynos e também no Snapdragon 820. Assim, além de poderoso, o Mi Pad 2 deverá fazer bom uso da sua bateria de mais de 6 mil mAh, rendendo um bom tempo de uso antes de implorar por uma tomada.

A versão com 16 GB de espaço nativo custa US$ 156, enquanto a com 64 GB sai por US$ 203, ou R$ 582 e R$ 757, usando a cotação atual do dólar como base de conversão, desconsiderando os impostos brasileiros, respectivamente. Quem sabe a empresa traga o lançamento por um preço atraente para nós?

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *