Últimas

Uma guerra entre Anonymous e o Estado Islâmico seria benéfica?

O Estado Islâmico tornou-se alvo de uma das maiores campanhas anti-terroristas já feitas, após o ataque em Paris há alguns dias. Em um clássico vídeo do grupo Anonymous, um integrante usando a máscara de Guy Fawkes declarou guerra ao Estado Islâmico.

Apesar das atitudes estarem inspirando uma série de novos ativistas, existem questionamentos sobre a efetividade das ações do grupo Anonymous neste caso. Até agora, as campanhas estão centradas em relatórios do Twitter e outros endereços de IP, que o grupo consegue identificar relação com o Estado Islâmico e suspender as contas.

A atitude seria benéfica caso o objetivo seja expulsar os terroristas dos espaços públicos, mas outros grupos possuem interesses maiores. A Ghost Security Group, uma empresa de segurança americana, que reúne informações para autoridades de segurança, rejeitou as ações do Anonymous. Segundo a empresa, as atitudes do Anonymous interrompem o trabalho das empresas responsáveis pela segurança inteligente.

A empresa alegou que, em alguns casos, derrubar contas como faz o Anonymous não é uma forma eficiente de atuar diante dos ataques, pois podem privar as informações às agências. Para os profissionais, as contas vinculadas ao Estado Islâmico são “minas de ouro” com informações potenciais sobre as táticas dos grupo.

Via The Verge

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *