Windows 10 – Atualização para o sistema será automática

     

Atualizações do sistema serão recomendadas ela Microsoft, caso o usuário não queira utilizar a nova versão poderá fazer um downgrade e voltar ao seu sistema anterior.

Desde antes do lançamento do Windows 10, as expectativas em torno desse sistema operacional eram enormes. Isso porque a Microsoft havia prometido revolucionar o mundo da informática, integrando todos os dispositivos com seu sistema operacional. Desde os previews, liberados para os Insiders, o sistema prometia realmente cumprir tudo aquilo que a empresa prometeu.

E não foi diferente. Talvez não esperássemos um sistema tão estável, e tão rápido quanto o que foi liberado. Mas, nenhum sistema é perfeito, e o Windows 10 tem recebido diversas atualizações e melhorias no sistema.

A partir de agora, segundo o blog oficial da Microsoft (blogs.windows.com/windowsexperience/2015/10/29/making-it-easier-to-upgrade-to-windows-10), novas mudanças serão implementadas para que o Windows 10 seja cada vez melhor e mais seguro para o usuário, além de que se expanda para mais e mais computadores.

A principal grande mudança se refere justamente às atualizações automáticas. A partir de 2016, as atualizações automáticas do Windows serão descritas como “recomendadas” pela Microsoft, e, se você não quiser aquela atualização que foi baixada, você tem até 31 dias para voltar à versão anterior.

Ou seja, a atualização, antes opcional, será baixada automaticamente para quem tem computadores com os sistemas anteriores (Windows 7, Windows 8, Windows 8.1) e, depois da atualização, você tem o tempo de 31 dias para realizar o downgrade caso não opte pelo sistema.

Deixe a pirataria:

Uma outra proposta que acontecerá com a implementação das atualizações automáticas do Windows 10, é que, se você tem uma instalação pirata do Windows, poderá adquirir uma licença para seu novo Windows 10 através da Windows Store.

Esse sistema será testado, inicialmente, nos Estados Unidos. Depois, se o programa funcionar como desejam, será expandido aos poucos para outros lugares.

Essa novidade visa legalizar o sistema operacional de milhares de máquinas pelo mundo, caso realmente dê os resultados que a Microsoft deseja. Assim, milhares de usuários poderão adquirir suas licenças da tela de seus computadores.

O Windows 10 foi adotado por usuários no mundo inteiro, e, até o momento, estima-se que mais de 110 milhões de dispositivos já rodam o sistema operacional.

Entre os países que deram preferência ao novo sistema, fazendo avaliações positivas, estão Brasil, China, Estados Unidos e França.

Por Isaque Cipriano

Windows 10

Foto: Divulgação

Fonte: Notebook Online – www.notebookonline.org

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *