Últimas

5 coisas interessantes que podem ser feitas com a placa Arduino

Noticiamos ontem no Olhar Digital que Jordan Fung, um garoto de 13 anos, desenvolveu seus próprios óculos inteligentesusando a placa Arduino Nano. A façanha, no entanto, não é a primeira do tipo: no ano passado, Clay Hight, outro garoto de 13 anos, criou sua própria versão do Google Glass utilizando a placa.

Mas por que será que essa tecnologia é tão utilizada no desenvolvimento de itens eletrônicos e quais são as suas possibilidades? Entenda:

O que é?

Reprodução
O Arduíno é um hardware open source que permite criar diferentes equipamentos eletrônicos e conta com uma comunidade colaborativa que inclui milhares de pessoas ao redor do mundo. O projeto facilita o desenvolvimento de apps, equipamentos e gadgets que rodem em circuitos eletrônicos básicos. 

Interação

Os sensores presentes na placa básica podem receber sinais que podem ser aproveitados na interação com outros dispositivos. Na prática, isso significa que eles permitem controlar motores, luzes e outros itens de aparelhos compatíveis.

A placa não possui recursos de rede, mas, se combinada a outras, pode criar extensões, chamadas ‘shields’.

Crianças

Reprodução
Pela sua facilidade, o Arduino é uma das plataformas escolhidas por crianças que começam a programar. “Há crianças de 10 a 12 anos que já usam o Arduino para automatizar bonequinhos de pelúcia, por exemplo. Então, com uma professora orientando você cria uma ideia do que você quer que o rato faça quando interagir com o bonequinho. E a parte mais complicada a professora faz, por exemplo. Mas qualquer um, de todas as idades, desde os mais velhos que querem fazer um hobby, o arduino permite isso”, explicou o físico e especialista em Arduino, Radamés Ajna Silva, em entrevista ao Olhar Digital.

Listamos alguns dispositivos interessantes que podem ser construídos com o auxílio do Arduino. Confira e se inspire:

1. Braço robótico

Reprodução

No início do ano, o catarinense Kevin Manoel Guimarães criou, em apenas um mês, um braço robótico usando a placa. O projeto, que custou R$ 230, conta com sensores que podem ser ativdados a partir de uma plataforma eletrônica e usa motores “baratos” capazes de transportar objetos de até 1kg.
Quem se interessar pelo projeto pode criar seu próprio braço mecânico. As instruções estão aqui.

2. Óculos Inteligentes

Reprodução
O Pedosa Glass, de Jordan Fung, é desenvolvido com uma única placa de Arduino Nano e roda em um sistema operacional criado pelo garoto. Até agora, o dispositivo é capaz de controlar uma lanterna e um timer.

Já a versão do Google Glass de Clay Haight, une uma armação impressa em 3D, uma tela de LCD e uma série de fios e permite, via comando de voz, abrir a agenda do dia, exibir mapas e fornecer informações de temperatura e meteorologia.

3. Telescópio

Reprodução
Criado por James Parr, fundador da Open Space Agency (OSA), uma organização dedicada a tornar a interação das pessoas com o espaço algo mais simples, o telescópio Ultrascope é controlado pela placa Arduino via computador, tem uma câmera do smartphone Lumia 1020, de 41 megapixels, e partes de acrílico, além de peças impressas em 3D.

O projeto do ultrascope já está disponível em código aberto no site da OSA.
 
4. Botão ‘Netflix Switch’

Reprodução

Desenvolvido pela Netflix e compatível com Arduino, o Netflix Switch permite preparar o ambiente antes de começar a assistir a um filme ou série no serviço de streaming. O interruptor controla a TV, coloca o smartphone no silencioso, apaga as luzes do local e pode até pedir comida para o usuário.
Quem se interessar em construir um exemplar pode receber as instruções em makeit.netflix.com/the-switch.

5. Robô de Lego

Reprodução

Criado pelo designer italiano Danny Benedetelli, este projeto usa a placa para criar um robô de LEGO que pode imitar os movimentos de um exoesqueleto e entender os comandos do usuário. O robô, batizado de Cyclops MK II, se conecta ao exoesqueleto, que é coberto com sensores capazes de gravar os movimentos, e transmití-los ao Cyclops via Bluetooth.

Imaginação

As possibilidades são do Arduino infinitas e tudo depende da imaginação do usuário. Não é à toa que seu uso cresce a cada dia.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *