Últimas

‘A Regra do Jogo’: Gibson pede a cabeça de Orlando para Romero e Zé Maria

Gibson-Jose-de-Abreu-A-Regra-do-Jogo

Gibson chama Zé Maria e Romero para uma reunião e Zé pergunta por Orlando. “Eu não chamei ele de propósito, Zé. O Orlando tá acabado. O Dante tá na cola dele, e a minha família não quer ver ele nem pintado de ouro. Mas eu não quero tomar nenhuma decisão de cabeça quente e por isso eu vim conversar com vocês. O que vocês acham que eu devo fazer com ele?”, pergunta. “Bom, doutor Gibson, eu acredito que eu já disse pro senhor tudo o que eu penso sobre o Orlando”, responde Zé Maria.

Gibson fala que está levando isso em consideração e Romero fala que a essa altura, não tem como eles impedirem a polícia de avançar nas investigações sobre ele. “O Dante tá fazendo disso uma cruzada pessoal. Eu já fiz o que eu pude pra despistar o menino, mas de agora em diante vai ficar cada vez mais difícil”, fala. “Pela primeira vez, sou obrigado a concordar com o Romero. O Orlando fora de controle é uma ameaça pra todos nós. Ninguém garante que ele não vai abrir o bico”, completa Zé Maria. “Eu sei disso. Agora a gente não pode mais se arriscar. Então, tá todo mundo de acordo?”, pergunta o empresário.

Todos se encaram e ninguém se pronuncia. “Está decidido, então. O Orlando vai morrer”, fala Gibson. “Se o senhor decidiu tá decidido, doutor Gibson. O Orlando é um homem morto. O senhor quer que eu mesmo faça o serviço?”, pergunta o pai de Juliano (Cauã Reymond). Gibson pede calma, diz que eles têm que ter sangue frio e que ainda não decidiu como será feita essa operação. “O Orlando tá surtando, tá acuado, já, já ele vai meter os pés pelas mãos. Ele não pode desconfiar de nada ou ele foge”, fala Gibson. “Ou pior. Ele entrega a facção e a verdadeira identidade do Pai”, comenta Romero. Zé fala que ele não faria isso. “Faria sim. Mas confiem em mim, essa história toda ainda vai ser muito boa pra todos nós. Agora eu tenho que ir ver como tá tudo lá em casa. Eu entro em contato. Vitória na guerra!”, fala Gibson, que deixa os irmãos ali e vai embora.

*Informações do jornal EXTRA (Telinha – Carla Bittencourt)


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *