Últimas

Ações de combate ao mosquito da dengue são intensificadas neste domingo

Após a fiscalização na Comunidade do Pilar, os agentes vão inspecionar a área comercial do Bairro do Recife. Foto: Sávio Gabriel/DP/D.A Press
Após a fiscalização na Comunidade do Pilar, os agentes vão inspecionar a área comercial do Bairro do Recife. Foto: Sávio Gabriel/DP/D.A Press

Neste último domingo do ano (27), agentes de saúde da prefeitura do Recife e soldados da Aeronáutica fazem um mutirão de combate ao mosquito aedes aegypti na comunidade do Pilar, localizada no bairro do Recife. Ao todo, são sete agentes vinculados à Secretaria de Saúde da Prefeitura e oito militares. A expectativa é visitar 300 imóveis na comunidade.

“Os mutirões do fim de semana são importantes porque durante a semana encontramos muitos imóveis fechados. Então, nos sábados e domingos tentamos recuperar essas casas que não conseguimos fiscalizar”, pontuou Liliane Amorim, coordenadora do programa de Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde. Segundo ela, durante a última semana os agentes visitaram a comunidade, mas muitos imóveis estavam fechados.

A expectativa é de que 300 imóveis sejam visitados na comunidade. Foto: Sávio Gabriel/DP/D.A Press
A expectativa é de que 300 imóveis sejam visitados na comunidade. Foto: Sávio Gabriel/DP/D.A Press

Ela esclareceu, ainda, que a escolha pela comunidade do Pilar se deu porque neste domingo acontece o Recife Antigo de Coração, e o objetivo foi concentrar as atividades de combate à dengue na região. Um estande foi montado no Marco Zero para orientar a população no combate ao aedes aegypti.

Moradora da comunidade do Pilar, Estela Silva aprovou a ação dos agentes. “É algo muito bom, porque nos ajudar a manter a saúde perfeita. Até porque, hoje, os hospitais estão um caos. Eu sempre tomo cuidado para não acumular água”, comentou.


Dois Unidos

Além da ação no bairro do Recife, 14 agentes da prefeitura fazem uma fiscalização no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife. Assim como na comunidade do Pilar, a previsão é de que 300 imóveis sejam trabalhados.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *