Acusado de ser “Tarado da Moto Preta” que vinha atacando mulheres é preso em Delmiro Gouveia

Uma ação das polícias Civil e Militar, na manhã desta quinta-feira (17), em Delmiro Gouveia, resultou na prisão de um ajudante de pedreiro acusado de ser o “Tarado da Moto Preta” que vinha atacando mulheres da cidade para se exibir com atos libidinosos. O preso foi identificado como Iran Minervino Santos, 33.

A prisão foi realizada, depois que a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) e o setor de inteligência do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) tomaram conhecimento da placa da moto que era utilizada nas investidas do pervertido. O acusado foi encontrado no condomínio Rosa de Sharon, no bairro Novo, onde estava com a moto procurada pelas polícias, uma Honda CG, de cor preta e placa DOK-9042/AL.

A princípio, considerado apenas como suspeito, o ajudante de pedreiro foi conduzido para a 1ª-DRP, onde foi submetido a acareação com uma das vítimas, que o reconheceu como sendo a pessoa que a parou em uma rua da cidade, pediu uma informação e começou a se masturbar, enquanto ela dava a resposta.

Além disso, a mulher, que foi vítima duas vezes do tarado, tinha uma fotografia dele, que tinha conseguido tirar durante um dos ataques. Com isso, de suspeito, o homem passou a ser acusado e se defendeu alegando apenas que não se lembrava de nada do que estava sendo relatado pelas vítimas. O mesmo foi submetido a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e depois foi liberado.

 

Por Minuto Sertão

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *