Últimas

Adiada para 2016 a decisão sobre novo governo separatista na Espanha

A definição sobre a formação de um novo governo separatista na Catalunha, na Espanha, foi adiada para o dia 2 de janeiro, após tentativas fracassadas de se chegar a um consenso.

A esquerda vencedora das eleições regionais no país realizadas em setembro deverá decidir se apoia Artur Mas como líder no Parlamento. Se não houver acordo para a definição de uma liderança até 10 de janeiro, novas eleições deverão ser convocadas.

Mas lidera “Juntos pelo sim”, aliança que conquistou 62 dos 135 assentos do Parlamento. A Candidatura de Unidade Popular (CUP) ficou com outras 10 cadeiras. Mas precisa do apoio da CUP para liderar o Parlamento.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *