Agência responsável pelo espaço aéreo dos EUA proíbe "Uber aéreo"

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O Uber é um dos maiores serviços de motorista privado ao redor do mundo, na realidade, em diversos países ele já está passando os serviços de táxi. Porém, já faz algum tempo que o Uber começou a oferecer diferentes possibilidades aos seus consumidores. Por exemplo, há algumas semanas em Abu Dhabi os usuários puderam utilizar uma versão aérea do serviço, em vez de carros, as caronas foram oferecidas por helicópteros.

Outras companhias também estava estudando a possibilidade de oferecer um “Uber Aéreo”, só que nos Estados Unidos. Apesar disso, há pouco o tribunal de Washington negou a revisão do pedido original realizado ao FAA, agência responsável pelo espaço aéreo dos EUA.

Ou seja, o FAA não liberou um serviço em que pilotos de avião possam transportar passageiros, assim como o Uber com carros. Os pilotos precisam ter licenças comerciais para poder oferecer esse tipo de carona, porém, é isso que dificulta o investimento em um serviço do tipo.

Atualmente a Flytenow oferece carona aérea, e foi ela que pediu a solicitação de revisão ao FAA, que não deu muito certo. A AirPooler, que também oferece serviços do tipo, precisou acabar com suas atividades depois que foi notada pelo FAA.

Segundo a decisão realizada pelo tribunal de Washington, o maior problema é que os usuários do serviço podem contratar um piloto sem saber que ele não possui tanta experiência em pilotar. A decisão não possuirá alterações, pelo menos agora, porém, é possível que no futuro o FAA reconsidere legalizar serviços do estilo.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *